BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / 5º Rally Cuesta Off-Road … terminou neste domingo

5º Rally Cuesta Off-Road … terminou neste domingo

Evento contou com um grid de 86 veículos, entre motos, quadriciclos, UTVs, carros e caminhões. Percurso técnico e competitividade acirrada foram os destaques desta edição

Após dois dias de competições, pilotos e navegadores estavam exaustos, porém felizes. A quinta edição do Rally Cuesta Off-Road aconteceu neste final de semana, na cidade de Botucatu, SP, e desafiou os participantes com um percurso de alto nível técnico e com grande variedade de obstáculos naturais.

O piloto Richard Rocha do Amaral foi o campeão nos quadriciclos

É válido lembrar que o certame somou pontos para as 4ª e 5ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Baja para motos e quadriciclos; 8ª e 9ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country para carros; e 4ª e 5ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country para caminhões.

Pela primeira vez, a Arena Produções e Evento – organizadora – levantou dois roteiros diferentes: um para motos, quadriciclos e UTVs, de 116 quilômetros, e outro para carros e caminhões, de 108 quilômetros. “Todas as categorias passaram pelo mesmo trajeto, mas, em determinado momento, eles se separaram e tudo era diferente. Isso priorizou a concentração e experiência dos navegadores”, explicou o diretor de prova, Henrique Arena.

Ambos os roteiros foram percorridos por duas vezes, totalizando então 223 quilômetros e 216 quilômetros, respectivamente. Nas estradas da Serra da Cuesta e de uma propriedade de reflorestamento de eucalipto foram superadas erosões, pedras, subidas e descidas, mata burros, travessias de riachos, setores de areia, valas e inúmeras lombadas que testaram a resistência de máquinas e homens. “Escolhemos lugares onde foi possível explorar a alta velocidade, levando pilotos a utilizarem ao máximo a potência dos motores, e outros mais travados, com trechos de muitas curvas, além de subidas e descidas”, detalhou Arena.

No domingo…

O Rally Cuesta Off-Road seguiu domingo adentro. E no resultado do dia, entre as motos, o melhor foi Caie Gustavo de Almeida, natural de Botucatu. Ele foi seguido por Thiago Carnio e Alexandre Pejon.

Nos quadriciclos, Ernestos Jun Watashi venceu a especial deste domingo, com uma vantagem de apenas cinco segundos para Richard Rocha do Amaral. Em terceiro veio Diogo Zonato.

Na disputa entre os UTVs, o piloto Carlos Collet foi o mais rápido, na marca de 01h49min20s, com vantagem de 27 segundos para André Suguita. Já Nuno Fojo ficou com a terceira posição.

A categoria carros registrou a disputa mais acirrada do dia, Marcos Baumgart e Beco Andreotti foram os mais rápidos, com 01h37min53s. Mas, dois segundos atrás vieram Lucas Moraes e Kléber Cincea, que ficou a frente de Marcos Moraes e Fábio Pedroso por apenas dois décimos de segundos.

Nos caminhões leves, os resultados de domingo foram os mesmos de sábado, com Rafael Conde, José Papacena e Leandro Silva à frente de Carlos Policarpo e Romulo Seccomandi, e Fernando Birchal e Leonardo Telles Silva.

E para fechar, na categoria dos caminhões pesados Guido Salvini, Flávio Bisi e Fernando Chwaigert reverteram à situação e venceram o trio de Eduardo Domingues, Solón Mendes e Antônio Carlos de Sales.

Thiago Carnio, o melhor entre as motos

O motociclista Thiago Carnio novamente venceu o Rally Cuesta Off-Road, contabilizando três participações no evento e duas vitórias. “O campeonato Brasileiro de Rally Baja está cada vez mais acirrado. Percebo a evolução dos meus adversários e isso exige maior dedicação de minha parte. Essa prova deu um novo fôlego para que eu continue focado no título nacional. Que venham as próximas etapas”, declarou. Em segundo lugar ficou Caie Gustavo de Almeida, seguido por Alexandre Pejon.

Na soma dos tempos gerais entre os quadriciclos, Richard Rocha do Amaral conquistou o melhor tempo, deixando Ernesto Jun Watashi com o vice e Nilson Balaban em terceiro. “No sábado, fizemos o reconhecimento do percurso, e por isso, foi possível acelerar mais… O terreno, que estava mais seco, também contribuiu para isso. Corremos aqui em família, meu pai e meu tio estão presente, e percebo que estou no mesmo nível que eles”, disse Amaral, satisfeito.

E os UTVs caíram no gosto dos off-roaders, aumentando o grid a cada etapa disputada. Dessa vez, eles eram dez… E Carlos Collet – que deixou os quadriciclos – foi o melhor entre todos. “Esta foi minha estreia na categoria, percebi que o veículo transmite maior segurança ao competidor. O percurso foi muito bem escolhido… Gostei bastante da travessia de rio que ficou próximo a chegada do trecho cronometrado”, destacou. Em segundo lugar ficou Nuno Fojo, seguido por André Suguita.

Cada segundo valeu ouro entre os carros

Ainda muito competitiva, a categoria carros teve o resultado definido pela diferença de um segundo, sendo a vitória muito comemorada por Romeu Franciosi e Ivo Mayer. Já Marcos Moraes e Fábio Pedroso conseguiram defender a segunda posição de Lucas Moraes e Kléber Cincea, que ficaram em terceiro lugar. “Ganhar é sempre bom e essa parceria deu super certo. Atribuo essa conquista ao Romeu, que fez uma pilotagem muito valente. No km 65 da especial, ficamos sem a 2ª marcha, e mesmo assim, ele foi capaz de desempenhar um pilotagem arrojada, que segurasse a nossa posição”, enfatizou Mayer.

Nos caminhões leves, Rafael Conde, José Papacena e Leandro Silva mantiveram a regularidade e confirmaram o primeiro lugar. “Foram dois dias positivos para a equipe, pois melhoramos bem o nosso desempenho. No primeiro dia, andamos mais forte e abrimos vantagem para os concorrentes, desta forma, neste domingo, fomos mais conservadores. O percurso foi um excelente treino para o Rally dos Sertões”, falou Papacena. Na sequência, vieram Carlos Policarpo e Rômulo Seccomandi, e Fernando Birchal e Leonardo Telles Silva, em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

Entre os caminhões pesados, um duelo a parte entre a Salvini Racing e a Território 4×4, com vitória no acumulado do trio Guido Salvini, Flávio Bisi e Fernando Chwaigert. “Entramos determinados a vencer a etapa deste domingo. Aceleramos forte, e no km 25 alcançamos nosso concorrente. Conquistamos mais um bom resultado nesta temporada, e nos mantemos na liderança do Campeonato Brasileiro”, comemorou Salvini.

Desta forma, o Rally Cuesta Off-Road encerrou a quinta edição com a premiação dos cinco melhores de cada categoria… E já deixa saudade!

Resultado Geral – 5º Rally Cuesta Off-Road

Motos

1º Thiago Carnio, 03h15min21s
2º Caie Gustavo de Almeida, 03h15min58s
3º Alexandre Pejon, 03h27min13s
4º Rubens Neiton, 03h28min43s
5º Guilherme Piva, 03h30min34s

Quadriciclos

1º Richard do Amaral, 03h37min58s
2º Ernesto Jun Watashi, 03h48min46s
3º Nilson Balaban, 04h08min27s
4º Valdir Amaral, 04h55min46s
5º João Del Nero, 05h01min03s

UTV

1º Carlo Collet, 03h44min08s
2º Nuno Fojo, 03h45min05s
3º André Suguita, 03h45min22s
4º Bruno Sperancini, 04h56min14s
5º Maurício Toldi, 04h56min18s

Carros

1º Romeu Franciosi/Ivo Mayer, 03h18min29s
2º Marcos Moraes/Fábio Pedroso, 03h18min30s
3º Lucas Moraes/Kléber Cincea, 03h20min31s
4º Marcos Baumgart/Beco Andreotti, 03h21min25s
5º Roberto Reijers/Fausto Dallape, 03h30min32s

Caminhões Leves

1º Rafael Conde, Leandro Silva e José Papacena Neto, 03h54min38s
2º Carlos Policarpo e Romulo Seccomandi, 03h58min57s
3º Fernando Birchal e Leonardo Telles, 05h26min47s

Caminhões Pesados

1º Guido Salvini, Flávio Bisi e Fernando Chwaigert, 04h08min10s
2º Eduardo Domingues, Solón Mendes e Antônio Carlos de Sales, 06h42min37s

***

Liberdade de Ideias

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

14900347_910113489124132_252720699733563665_n

Campeonato Brasileiro de Supermoto manterá a configuração original para a última etapa da temporada.

Santos, 17 de novembro de 2016   Após analisar os regulamentos da CBM e FIM, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>