BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Sobre Autos / Anfavea espera crescimento de 4,5% em 2013

Anfavea espera crescimento de 4,5% em 2013

Cledorvino Belini

Projeções apontam para novo recorde de vendas: 3,9 milhões de veículos.

É com uma ponta de otimismo e ao mesmo tempo pé no freio que a Associação dos Fabricantes de Veículos,Anfavea, projeta o desempenho do mercado interno para 2013. Otimismo porque a entidade espera que as vendas cresçam entre 3,5% e 4,5% na comparação com 2012, para novo recorde de 3,9 milhões de unidades. Pé no freio porque a estimativa está um pouco abaixo do crescimento estimado para este ano ante 2011, de 4,9% – recorde de 3,8 milhões de unidades, incluindo automóveis, comerciais leves e pesados.

Segundo o presidente da Anfavea, Cledorvino Belini, as projeções para 2013 consideram um cenário econômico favorável. “Baseamos as previsões em resultados positivos para o PIB, para o qual o governo fala de crescimento de 4%, e a manutenção de políticas para juros, inflação, expansão do crédito, financiamentos e prazos”, disse durante a apresentação dos resultados de novembro na sexta-feira, 7, em São Paulo.

Belini elencou fatores que podem contribuir para o bom desempenho em 2013, como a tendência de queda na inadimplência e a retomada das vendas do segmento de caminhões, que este ano levou um tombo devido aos novos modelos Euro 5, de valor elevado, e pela antecipação de compra que ocorreu em 2011.

Produção

Acompanhando o mercado, a produção nacional de veículos terá ritmo um pouco mais cadenciado em 2013, segundo as projeções da Anfavea. Enquanto a entidade revela que em 2012 a produção cairá 1,5% sobre 2011, para 3,5 milhões de unidades, no próximo ano as linhas entregarão 4,5% mais veículos: 3,51 milhões, ante 3,36 milhões de 2012. Os volumes não incluem CKD.

Exportações

Já para as exportações, o cenário não é tão favorável. A Anfavea projeta que os embarques de veículos recuem 4,6% em 2013 na comparação com 2012, de 435 mil unidades para 415 mil. Apesar do menor volume, o valor exportado, que também inclui peças de reposição, deve se manter nos mesmos US$ 17,3 bilhões. Belini explica que esse movimento de menor volume e mesmo valor se deve ao mix de produtos, com a exportação de veículos de maior valor agregado e pelo aumento das exportações de autopeças.

Máquinas

Para o segmento de máquinas agrícolas, as previsões são promissoras. Considerando o momento favorável da agricultura brasileira, que prevê um novo recorde para a safra 2012/2013, a Anfavea diz que as vendas de veículos aos campos brasileiros crescerão entre 4% e 5% em 2013, para volumes entre 71,2 e 71,9 mil máquinas. A produção deve superar as 83,4 mil unidades deste ano em 3,1%, enquanto as exportações ficarão no mesmo patamar previsto para 2012, de 17,3 mil unidades.

***

Automotive Business

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

JAGUAR XE e XF obtêm 5 estrelas no euro NCAP

Os sedãs Jaguar XE e XF acabaram de receber a nota máxima nos testes de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *