BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Mercado e Segurança / Apesar da queda em setembro, vendas de automóveis e comerciais leves mantêm crescimento

Apesar da queda em setembro, vendas de automóveis e comerciais leves mantêm crescimento

Com a expectativa do fim da redução de IPI para o final de agosto, consumidor brasileiro antecipou as compras. No mês setembro, que teve apenas 19 dias úteis, registrou queda de 31,54% ante o mês anterior e -5,44% sobre agosto de 2011. No total, foram emplacados 277.614 automóveis e comerciais leves no mês passado.

A Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, entidade que representa cerca de 7 mil Concessionários de veículos no Brasil, divulgou os dados do setor no mês de setembro/2012 e o acumulado do ano. Apesar do forte crescimento registrado em agosto, quando foram comercializados 405.499 unidades de automóveis e comerciais leves, o mês de setembro apresentou queda de 31,54% com 277.614 unidades emplacadas no período.

Com 19 dias úteis em setembro, contra 23 em agosto, o setor da distribuição de veículos (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motos, implementos rodoviários e outros meios de transporte como carretinhas para jet sky) também apresentou queda de 27,67%em setembro na comparação com o mês anterior (foram emplacados 420.142 unidades contra 580.832). Na comparação entre os meses de setembro 2011 e 2012, o setor também registrou queda de 16,68%.

A média de vendas diárias, em setembro, foi menor que a registrada em agosto. Foram 17,6 mil unidades vendidas diariamente, em média, no oitavo mês do ano, contra 14,6 mil em setembro.

Apesar da queda apresentada no comparativo entre agosto e setembro, no acumulado do ano as vendas de automóveis e comerciais leves apresentaram alta de 5,53% no comparativo com o mesmo período do ano passado.

Confira, abaixo, o desempenho do setor em cada segmento:

  • Automóveis e Comerciais Leves: O volume de vendas de automóveis e comerciais leves caiu em 31,54% em setembro. Foram emplacadas 277.614 unidades em setembro, contra os 405.499 veículos comercializados em agosto. Na comparação com setembro/2011 (293.570 unidades), os segmentos registraram 5,44% de retração. Já no acumulado do ano, houve crescimento de 5,53% entre este ano e 2011.
  • Caminhões e Ônibus: Os emplacamentos de caminhões apresentaram queda de 25,5% na comparação com agosto. Foram licenciadas 8.466 unidades em setembro, contra 11.363 caminhões no mês anterior. Na comparação com setembro de 2011, quando foram negociadas 14.940 unidades, o setor registrou retração de 43,33%. No acumulado do ano, o segmento apresentou retração de 22,83% contra igual período de 2011.

O segmento de ônibus também apresentou queda no mês de setembro de 36,79%. Foram emplacadas 2.038 unidades, contra 3.224 em agosto. a comparação com o mesmo período de 2011 (3.138 unidades), o segmento registrou retração de 35,05%. No acumulado, o segmento de ônibus registrou queda 12,48% entre 2012 e 2011.

Os setores de caminhões e ônibus, juntos, apresentaram queda de 27,99%, no comparativo entre agosto e setembro, e também retração de 41,9% na comparação com setembro de 2011. No acumulado, houve queda de 21,13% para os dois setores somados.

  • Motos: O segmento de duas rodas registrou retração de 18,04% em setembro, no comparativo com agosto. Foram emplacadas 115.273 unidades contra 140.644 motos no mês anterior. Em relação a setembro de 2011, este setor apresentou queda de 33,94%.
  • Implementos Rodoviários: Foram vendidas 3.295 unidades em setembro, contra 4.792 em agosto, uma queda de 31,24%. Em relação a setembro do ano passado, o segmento teve queda de 36,83%.
  • Outros Veículos: Outros veículos, como carretinhas de transporte de motos, etc, também registraram retração nas vendas de 17,91% em setembro. Foram comercializadas 7.760 unidades no nono mês de 2012, contra 9.453 em agosto.

***

MCE- Mazzuchini Comunicação

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Honda participa da Reatech 2017 e reforça compromisso com público portador de deficiência

Com o Programa Honda Conduz, empresa investe no atendimento personalizado ao público PcD e apresenta ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *