BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Balbi garante o melhor resultado para o país

Balbi garante o melhor resultado para o país

Piloto mineiro confirmou o favoritismo na categoria principal ao alcançar a 19ª posição na quinta etapa do Mundial, realizada neste fim de semana, dias 19 e 20, no Parque Beto Carrero World, em Penha

Antonio Jorge Balbi Júnior não decepcionou os fãs e confirmou o favoritismo ao ser o melhor piloto nacional na categoria principal do GP Brasil de Motocross, realizado neste fim de semana, dias 19 e 20, no Parque Beto Carrero World, em Penha (SC). O mineiro não completou a primeira bateria, mas foi o 16° na disputa seguinte, encerrando o desafio com a 19ª posição na MX1.

Chuva e lama foram as maiores adversárias, não só de Balbi, mas de todos os competidores. Na primeira bateria, o motor da motocicleta do piloto Pro Tork 2B Kawasaki Racing não aguentou a pressão. Na segunda prova, Balbi partiu para o tudo ou nada e conseguiu o resultado que lhe garantiu ser o destaque entre os brasileiros que participaram do evento.

“Em uma situação extrema como esta, fica nítido o quanto nossas motos são diferentes das dos gringos. Quase nenhum atleta nacional conseguiu completar as duas corridas. Mas o que importa é que fiz tudo o que estava ao meu alcance. Estou contente, pois cumpri meu objetivo, fiz um bom treino, não me machuquei, enfim. Agora é se concentrar para as competições nacionais”, explica.

Natural de Belo Horizonte, Balbi é o principal nome da modalidade no país. O competidor de 29 anos é o atual campeão do Campeonato Brasileiro de Motocross e também da Superliga. Seu currículo conta ainda com diversas conquistas e resultados expressivos em várias competições internacionais, como AMA e Nações. A experiência foi, sem dúvidas, sua principal aliada no desafio.

Gustavo Henn aprova sua estreia no Mundial

Com 17 anos e apenas quatro dedicados ao motocross, Gustavo Henn teve a oportunidade de fazer sua primeira participação em uma etapa do Mundial. O catarinense, de Mondaí, aproveitou para ganhar experiência e comemorou a 22ª colocação na MX2, após encerrar a primeira bateria em 19° e não disputar a segunda corrida.

“Esta é minha primeira temporada na MX2 e também minha estreia no Mundial, acredito ter alcançado um bom resultado mediante as circunstâncias. Aguentei a aperto de andar ao lado dos melhores e também desbanquei atletas locais mais experientes que eu na primeira bateria. Infelizmente, minha moto não aguentou a pegada e eu não participei da corrida seguinte. Tive a chance de aprimorar minha técnica, de crescer, logo, não poderia estar mais satisfeito”, conclui o piloto Pro Tork.

Próximos desafios

Agora, a Pro Tork 2B Kawasaki Racing volta sua atenção às disputas nacionais. Nos dias 2 e 3 de junho, Balbi e Gustavo participam da terceira etapa do Brasileiro, em Foz do Iguaçu (PR). A quarta rodada acontece no fim de semana seguinte, em Nova Alvorada do Sul (MS). Já a Superliga terá sua penúltima etapa realizada nos dias 16 e 17, em Brasília (DF).

Confira os resultados do GP Brasil de Motocross:

MX1

  • 1°) Christophe Pourcel
  • 2°) David Philippaerts
  • 3°) Kevin Strijbos
  • 4°) Gautier Paulin
  • 5°) Rui Goncalves
  • 19°) Antônio Jorge Balbi Júnior (Pro Tork 2B Kawasaki Racing)

MX2

  • 1°) Tommy Searle
  • 2°) Cristophe Charlier
  • 3°) Jose Butron
  • 4°) Jeremy Van Horebeek
  • 5°) Joel Roelants
  • 22°) Gustavo Henn (Pro Tork 2B Kawasaki Racing)

A Pro Tork 2B Kawasaki Racing tem o patrocínio de Mobil, Pirelli e Mart Plus e apoio de Dash Industries.

***

Pro Tork

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Sambódromo recebe exposição da Linha Opala

Na próxima terça-feira, dia 10 de outubro, o tradicional evento de carros antigos e especiais ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *