BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Balbi Júnior inicia a Superliga Brasil de Motocross no pódio

Balbi Júnior inicia a Superliga Brasil de Motocross no pódio

Defendendo o título da categoria MX Pró, piloto mineiro conquistou a quinta posição na primeira etapa do campeonato, realizada neste fim de semana, dias 3 e 4, em Indaiatuba (SP)

Antonio Jorge Balbi Júnior deu início a temporada 2012 com a disputa da abertura da Superliga Brasil de Motocross, realizada neste fim de semana, dias 3 e 4, em Indaiatuba (SP). O piloto, que defende o título da categoria MX Pró para a Pro Tork 2B Kawasaki Racing, conquistou o quinto lugar nas duas baterias, encerrando a primeira etapa com a mesma posição.

O mineiro manteve a cautela para marcar pontos importantes, sem piorar uma lesão no braço esquerdo, da qual ainda se recupera. Mesmo assim, fez o holeshot na primeira bateria, mas acabou se enroscando e preferiu administrar o quinto lugar até o fim. Na prova seguinte, Balbi não largou tão bem, chegou a andar em sétimo, porém, ganhou duas colocações faltando apenas duas voltas.

“Considerando o fato de eu ainda estar machucado e não ter feito uma pré-temporada intensa, posso dizer que o resultado foi melhor do que eu imaginava. Subi ao pódio, marquei bons pontos e o melhor, meu tempo não teve tanta diferença para o primeiro colocado. Estou contente comigo, com minha equipe, meus equipamentos. Na segunda etapa as coisas vão ser ainda melhores”, exalta.

Gustavo Henn é novidade Pro Tork na MX2

Gustavo Henn estreou pela Pro Tork 2B Kawasaki Racing superando desafios. Campeão Brasileiro de Motocross 2011, na categoria 85cc, o catarinense de apenas 16 anos partiu para a briga da MX2 e encarou adversários de peso em sua primeira prova com uma 250cc. O piloto foi o 15° colocado na primeira bateria e o 19° na corrida seguinte, terminando em 18°.

Após largar no pelotão da frente na primeira prova, Gustavo passou a imprimir um ritmo forte. Porém, ficou trancado e perdeu muitas posições quando dois adversários caíram em sua frente, em uma curva. Henn partiu então para uma corrida de recuperação. Já na segunda bateria, sofreu duas quedas e não teve tempo para crescer na disputa.

“Estava um pouco tenso, mudar de categoria não está sendo fácil, a moto é maior e mais pesada, agora tenho duas baterias e não apenas uma, meus concorrentes são pilotos experientes, enfim. Apesar de tudo isso, estou bastante feliz. Sei que quebrei o gelo, vi minhas falhas e de agora em diante só tenho a crescer. Gostaria de agradecer a Pro Tork e dizer que na próxima venho mais forte”, afirma.

A segunda etapa da Superliga Brasil de Motocross será realizada nos dias 31 de março e 1° de abril, em Salvador (BA). A Pro Tork 2B Kawasaki Racing é presença confirmada no desafio.

Confira a classificação da Superliga Brasil de Motocross:

MX Pró

1°) Carlos Campano – 50 pontos
2°) Adam Chtafield – 42 pontos
3°) Leando Silva – 42 pontos
4°) Martin Michek – 33 pontos
5°) Antonio Jorge Balbi Júnior – 32 pontos (Pro Tork 2B Kawasaki Racing)

MX2

1°) Thales Vilardi – 50 pontos
2°) Eduardo Lima – 44 pontos
3°) Hector Assunção – 36 pontos
4°) Rafael Faria – 36 pontos
5°) Deni Marques – 27 pontos
18) Gustavo Henn – 9 pontos (Pro Tork 2B Kawasaki Racing)

A Pro Tork 2B Kawasaki Racing tem o patrocínio de Mobil, Pirelli e Mart Plus.

?

Pro Tork. Foto: Maurício Arruda/Divulgação Pro Tork

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Pelo quarto ano consecutivo, Triumph é eleita a marca com o cliente mais satisfeito

A Triumph Motorcycles foi eleita pelos internautas e leitores da revista Motociclismo a marca de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *