BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Com a palavra / Borracha Nova

Borracha Nova

Avaliando os novos MICHELIN Power Pure !

(Mais deitado do que bebê no berço! Foto: Claudinei Cordiolli)

O sonho de consumo de todo motociclista é um tipo de pneu capaz de oferecer desempenho de esportivo e desgaste de um touring. Pois esse sonho foi materializado pela Michelin, que lançou no Brasil a linha Power Pure, de dois compostos que além de prometer melhor performance ainda reduz um quilo no peso total do conjunto.

Fomos para uma pista de teste para saber o que representa 1 kg a menos de massa nos pneus. Foi montado um circuito com uma forte mudança de trajetória para avaliar como se comporta o novo pneu. Primeiro saímos com uma moto equipada com os novos pneus e uma carga extra de 1 kg nas duas rodas. A sequência de zigue-zague foi feita a 68 km/h. Depois os pesos foram retirados e o mesmo trajeto pôde ser feito a 72 km/h.

Essa diferença de “apenas” 4 km/h pode parecer uma bobagem, mas se pensarmos em porcentagem representa 6% a mais de velocidade. Imagine 6% a mais de velocidade nas curvas em um circuito com 15 curvas! Ou em uma estrada com centenas de curvas.

Para conseguir essa redução de peso foi usado um material nobre nas fibras de uma das camadas do pneu radial. A fibra, chamada de aramida, é mais cara, mas também mais leve. Ao todo são colocados 200 metros dessa fibra na composição do pneu, por isso a redução de peso foi bastante significativa.

Como os pneus estão colocados abaixo da suspensão, faz parte das massas não suspensas, aquelas das quais não se pode controlar. Graças ao menor peso, o efeito dinâmico foi uma redução de 10% na força inercial da moto. A grosso modo seria como se a moto ficasse 10% “mais leve” quando em movimento.

Além de reduzir o peso, os novos pneus Power Pure de dois compostos receberam também uma grande mudança na proporção destes compostos. Agora a composição entre a borracha dura e macia está diferente para melhorar a estabilidade. Na dianteira 50% da banda é composta de borracha macia, enquanto na traseira 80% é de borracha macia. Com essa medida o piloto precisa inclinar menos a moto para chegar na parte mais “mole” do pneu. Antes precisava inclinar 36º, agora bastam 24º de inclinação.

A boa notícia é que foram mantidos os preços da versão anterior. As medidas são: dianteiro: 120/70 ZR 17 e no traseiro 160/60-17; 180/55-17; 190/50-17 e 190/55-17.

Extraido do MOTITE sob autorização.

Sobre Geraldo TITE Simões

Além disso, verifique

140421_mobilidade

52% dos brasileiros consideram o transporte público ruim ou péssimo

De acordo com o estudo realizado pela Expertise, 56% das pessoas gastam mais de uma ...

Um comentário

  1. Olá Tite,
    É possível algum tipo de comparação com o Pirelli CorsaIII? Em outras palavras, o CorsaIII está mais próximo em semelhança/desempenho ao PowerPure ou ao CT?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>