BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Brasileiros têm saldo positivo no Supermoto das Nações

Brasileiros têm saldo positivo no Supermoto das Nações

Equipe nacional chegou perto da classificação para as finais e encerrou a competição em 19º lugar; Lawanteam confirma equipe para o Mundial 2012

Alcañiz (Espanha) – A Seleção Brasileira encarou neste final de semana o Supermoto das Nações mais disputado dos últimos tempos. Por conta do alto nível técnico o saldo foi positivo, já que o trio formado pelos pilotos Rafael Fonseca, Kleber Justino e Juliano Meira ficou muito perto da classificação para as finais, confirmando a 19ª colocação entre 25 times de diversos países. Neste domingo, também houve um anúncio importante para a modalidade: a Lawanteam terá uma equipe 100% nacional no Campeonato Mundial de 2012, confirmando a permanência de Fonseca em todas as etapas da competição.

“O saldo do Nações foi positivo, já que provamos que temos uma equipe competitiva e bastante competente. Queremos voltar o ano que vem com grandes nomes do supermoto nacional para continuar escrevendo a história brasileira no Nações”, disse Simão Lawant, chefe de equipe da Seleção e da Lawanteam. O Supermoto das Nações é disputado por equipes e, com as classificatórias do sábado, o Brasil teve de encarar a chamada Final B neste domingo, uma repescagem que põe em jogo apenas uma vaga para as finais.

“O Justino largou em segundo e o Rafael Fonseca logo pulou de 11º para a liderança da Final B. O Juliano Meira foi prejudicado por conta de um acidente na parte de terra. Apesar dos contratempos, nossos pilotos estiveram bem posicionados e enfrentaram o ritmo acelerado da bateria. Infelizmente não foi o suficiente para nos classificarmos, mas vamos em frente”, continuou Lawant.

Rafael Fonseca terminou a Final B em quinto lugar e Justino, em 11º. Juliano Meira foi o 14º colocado, sendo que a equipe Júnior da Inglaterra faturou a vaga nas finais por conta do desempenho de Malachi Mittchel-Thomas e Benn Rob, segundo e terceiro colocados, respectivamente. O vencedor da repescagem foi Jan Forsten, da Finlândia. A grande campeã foi a equipe da França, que contou com o atual líder do Campeonato Mundial Thomas Chareyre, além dos pilotos Sylvain Bidart e Boris Chambon. A Inglaterra ficou em segundo lugar, seguida por Finlândia, Itália e os anfitriões espanhóis.

“O Nações teve este ano um recorde de inscrições e todos os pilotos estavam muito bem preparados, ainda mais por terem tido a oportunidade de treinar no circuito de Alcañiz nos últimos meses. Outra grande dificuldade para nós foi a parte off-road da pista, que tinha um areião extremamente pesado – não há nada parecido no Brasil”, finalizou Simão Lawant.

A Lawanteam tem o patrocínio de Hopen Brasil, IMS, Faba e Nuevo Faor, além do apoio do Programa Compete Brasília, do Governo do Distrito Federal, e da MEC Sport Racing.

?

fonte: Mundo Press. Foto: Davide Messora

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Harley-Davidson lança campanha global Discover More com foco na experiência do lifestyle da marca

Como parte da ação, a H-DB lança uma websérie com produção 100% nacional que incentiva ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *