BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Carlos Campano e Thales Vilardi dominam provas da MX Pró e MX2

Carlos Campano e Thales Vilardi dominam provas da MX Pró e MX2

Segundo dia de competições da etapa de abertura também contou com vitória de Fábio dos Santos na Júnior

As provas das principais categorias da Superliga Brasil de Motocross 2012 tiveram início neste domingo (4), em Indaiatuba, no interior paulista, com três pilotos ditando o ritmo. O piloto da Espanha, Carlos Campano (#115), mostrou todo o seu potencial nas duas baterias da MX Pró e conquistou duas vitórias. O mesmo aconteceu com Thales Vilardi (#27) na MX2. O paulista sobrou na pista do Centro de Lazer Off-Road, anexa ao Centro Educacional de Trânsito Honda (CETH), e venceu as provas da categoria. Já na Júnior, Fábio dos Santos (#87) superou os concorrentes e recebeu a bandeira quadriculada em primeiro.

O próximo encontro será em Salvador, na Bahia. Os pilotos disputam a segunda etapa da competição nos dias 31 de março e 1º de abril.

1ª BATERIA MX PRÓ
A largada da principal categoria começou agitada com três pilotos nas primeiras posições: Leandro Silva (#14), Jorge Balbi Júnior (#1) e Wellington Garcia (#21). O paranaense Leandro se deu melhor e foi para primeiro. Já o espanhol Carlos Campano e o inglês Adam Chatfield (#407), que não fizeram boa largada, ocupavam colocações intermediárias. Na ponta, Leandro abriu boa vantagem sobre os concorrentes.

Bastante rápido, Campano inicou uma série de ultrapassagens que culminou na conquista da segunda colocação. O espanhol encurtou a diferença e ultrapassou Leandro após uma queda do brasileiro. Na liderança, o Campano recebeu a bandeira quadriculada em primeiro.

Apesar do erro, Leandro possuia uma grande diferença para o terceiro colocado e não perdeu a vice-liderança. Na linha de chegada, cruzou em segundo, seguido de Adam Chatfield, em terceiro.

2ª BATERIA MX PRÓ
O equilíbrio entre os pilotos foi mantido no início da bateria. O francês Pascal Leuret (#47) fez o holeshot, porém era perseguido por João Paulino “Marronzinho” (#7), em segundo, e Jean Ramos (#992), em terceiro. Ainda nas voltas iniciais, Pascal e Marronzinho se tocaram. O catarinense se deu melhor e foi para a ponta. Descontente com o fato, o francês tentou impedir a passagem do brasileiro na volta seguinte. Com isso, Marronzinho perdeu a primeira posição para Jean. Já Pascal, abandonou a prova (confira o comunidado oficial da direção de prova sobre o acontecimento abaixo).

Jean permaneceu várias voltas na primeira colocação. Mas, Carlos Campano queria mais uma vitória no dia. Não demorou muito para o espanhol ganhar a posição. Em primeiro, o competidor espanhol seguiu com caminho livre para vitória. Já Adam conquistou a segunda posição. Leandro Silva foi o terceiro.

“Não fiz uma boa largada nas duas corridas, mas consegui me recuperar. Mantive uma forte intensidade durante nas provas e no final consegui vencê-las. Creio que o campeonato será bastante disputado. Os brasileiros estão em um grande ritmo. Agora é aguardar a próxima”, comenta Campano, líder da competição com 50 pontos.

PUNIÇÃO
Após a etapa, a direção de prova da Superliga Brasil de Motocross notificou o piloto Pascal Leuret com uma advertência e multa no valor de R$ 1.000 em razão de atitude anti-desportiva na segunda bateria da categoria MX Pró. A ação cabe recurso.

1ª BATERIA MX2
O piloto Leonardo Lizott (#194) fez o holeshot, no entanto na saída da primeira curva foi ultrapassado por Thales Vilardi. O paulista assumiu a ponta e não largou mais. A diferença sobre o segundo colocado chegou a 30 segundos. Enquanto isso, na metade da bateria, Dudu Lima (#2) foi para a vice-liderança após ultrapassar Rodrigo Lama (#32) e Lizott. Sem ninguém pela frente, Thales terminou na ponta. Dudu e Lizott completaram o pódio em segundo e terceiro, respectivamente.

2ª BATERIA MX2
Empolgado com a vitória na primeira bateria, Thales Vilardi fez o holeshot. Hector Assunção (#30), que na bateria anterior havia largado mal, acelerou forte quando o gate caiu e assumiu a vice-liderança. Dudu Lima, em terceiro, completava a colocação dos ponteiros. O panorama da corrida mudou apenas no final. Com poucas voltas para o fim, Dudu ultrapassou Hector e finalizou em segundo. Thales seguiu em primeiro e venceu a segunda no dia.

“Todo trabalho e esforço que fiz durante a pré-temporada foi recompensado neste fim de semana. Fiz os melhores tempos durante os treinos e venci as duas baterias”, destaca Thales.

PROVA JÚNIOR
Enzo Lopes (#92) fez o holeshot e logo abriu. Porém, na segunda volta, o gaúcho cometeu um erro na saída de uma mesa e caiu. Com a queda, o gaúcho perdeu várias colocações e foi para sexto. Matheus de Souza (#71) assumiu a ponta, seguido por Fábio dos Santos, em segundo, e Gustavo Pessoa (#117), em terceiro. Em ritmo bastante forte, Fábio e Gustavo ultrapassaram Mateus com seis minutos para o fim. Fábio ainda foi atacado por Gustavo, no entanto manteve a ponta e venceu a primeira. “Estou muito feliz de ter vencido a primeira corrida do ano”, coloca o tímido piloto.

A Superliga Brasil de Motocross é apresentada por Honda e Mobil, tem co-patrocínio Pirelli, Yamaha, Mormaii e Consórcio Nacional Honda. Apoio da Prefeitura Municipal de Indaiatuba, Polo Shopping Indaiatuba, concessionárias Prolink, rádio Clipe FM e revista da Moto!

Confira todas as informações da quinta etapa da Superliga Brasil de Motocross no site oficial, Twitter e Facebook:
www.superligabrasildemotocross.com.br
@superligamx
superligademx

?

Vipcomm. Foto: Luiz Pires/Vipcomm

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

14900347_910113489124132_252720699733563665_n

Campeonato Brasileiro de Supermoto manterá a configuração original para a última etapa da temporada.

Santos, 17 de novembro de 2016   Após analisar os regulamentos da CBM e FIM, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>