BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Carlos Campano termina em quinto em Chapecó e mantém a liderança da Superliga

Carlos Campano termina em quinto em Chapecó e mantém a liderança da Superliga

Carlos Campano – Yamaha Grupo Geração Monster Energy Circuit – terminou na quinta posição da categoria MX Pró durante a quarta etapa da Superliga Brasil de Motocross 2012 disputada em Chapecó, Oeste de Santa Catarina, neste fim de semana, 5 e 6 de maio. O resultado mantém o piloto espanhol na liderança da classificação com 188 pontos e uma vantagem de 29 pontos para o vice-líder, Adam Chatfield.

“Perdi somente sete pontos na etapa, e sigo na liderança do campeonato. Estou tranquilo”, avalia Campano. “Não me agradou muito este fim de semana. Não gostei da pista e senti muitas dores na perna na última bateria da MX Pró”, conta.

Na primeira bateria da classe 450cc, Campano largou entre os primeiros e assumiu a terceira posição. O espanhol ficou atrás de Leandro Silva e só conseguiu superar o adversário após a metade da prova, enquanto Adam Chatfield abriu vantagem. Campano foi buscar o líder, mas restava pouco tempo de prova, assim, o espanhol cruzou a linha de chegada na segunda posição.

Carlos Campano, que havia sentido dores na virilha direita durante a semana, voltou a sentir a lesão e isso comprometeu seu desempenho na segunda bateria do domingo. Ele largou entre os primeiros, ganhou a quarta posição de Leandro Silva, mas deixou o líder abrir vantagem novamente.

“Quando fui atacar Adam Chatfield (terceiro colocado), precisei usar muito as pernas e isso me levou a sentir dores nas duas virilhas”, comentou o piloto após a corrida. Na última volta, Campano acabou perdendo a posição novamente para o Leandro e ficou com o quarto lugar na bateria.

João Ribeiro completou a etapa na oitava colocação geral e segue entre os dez melhores do campeonato. O piloto Yamaha Grupo Geração Monster Energy Circuit fez dois oitavo lugares nas duas baterias do domingo e comemorou o resultado. “Não me adaptei à pista, por isso, considero que essa oitava posição foi um resultado positivo. O importante foi pontuar e me manter no TOP10”, apontou.

A equipe é patrocinada por Yamaha, Grupo Geração, Monster Energy e Circuit, com co-patrocínio de Yamalube, Mormaii, ProX, Yoshimura, Rinaldi, Pirelli e Vaz.

***

Geração Racing

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Evento inédito reúne gastronomia, as melhores motos do Brasil e muito lazer

Um evento diferenciado no qual o público poderá passar um final de semana divertido e ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *