BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / CBM confirma data da etapa de Canelinha do Pro Tork Brasileiro MX

CBM confirma data da etapa de Canelinha do Pro Tork Brasileiro MX

Em reunião realizada na cidade de Siqueira Campos, no Paraná, foi acertada a transferência para os dias 16 e 17 de julho a realização da 3ª etapa do Pro Tork Brasileiro de Motocross. A decisão foi anunciada pelo presidente da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM), Assis Aquino, após o encontro do qual também participaram Marlon Bonilha, diretor da Pro Tork, Gilberto Rosa, presidente da Federação Paranaense de Motociclismo, e Firmo Alves, presidente da Federação de Motociclismo do Estado do Mato Grosso do Sul e da comissão de motocross da CBM.

– Foi uma reunião muito boa e bastante proveitosa. Tomamos ciência do que envolve os patrocinadores em relação ao campeonato, tiramos dúvidas e esclarecemos algumas preocupações. Fato é que vamos realizar, sim, uma grande prova, à altura do Campeonato Brasileiro de Motocross, mas para isso não poderíamos prejudicar as datas dos Campeonato Estaduais. Com essa mudança de data teremos mais tempo para fazer uma prova perfeita – declarou Assis Aquino.

A etapa de Canelinha do Pro Tork Brasileiro de Motocross estava marcada anteriormente para os dias 11 e 12 de junho. Com a nova data, a Confederação Brasileira de Motociclismo, bem como os patrocinadores e a Federação Catarinense de Motociclismo (FCM) terão mais tempo para preparar o evento. O motódromo Arthur Jachowicz, em Canelinha/SC, tem uma das pistas mais tradicionais do país, e recebeu em 2009 uma das etapas do Campeonato Mundial de Motocross.

Com a mudança da etapa catarinense, a prova do Rio de Janeiro, marcada para os dias 16 e 17/07 está automaticamente cancelada. Apesar da mudança de data, o Pro Tork Campeonato Brasileiro de Motocross seguirá com sete etapas, conforme anunciado no início do ano. Nos próximos dias a Confederação Brasileira de Motociclismo fará o anúncio de uma nova prova para fazer parte da competição.

– Infelizmente não tivemos outra alternativa a não ser transferir a prova de Canelinha. Estou iniciando minha terceira semana à frente da CBM e até o momento ainda não recebi os materiais promocionais da entidade, e nem as placas de patrocinadores, que estão de posse do ex-presidente Alexandre Caravana. Peço mais uma vez a compreensão de todos e confiança nessa nova CBM – completou Assis Aquino.

?

fonte: Imprensa CBM / Adriano Winckler. Foto: Divulgação CBM

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Sambódromo recebe exposição da Linha Opala

Na próxima terça-feira, dia 10 de outubro, o tradicional evento de carros antigos e especiais ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *