BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Mercado e Segurança / Emplacamentos de veículos permanecem estáveis em julho

Emplacamentos de veículos permanecem estáveis em julho

Os emplacamentos do setor automotivo (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motos, implementos rodoviários e outros veículos como carretinhas de transporte de jet sky, motos, etc. ) apresentaram estabilidade de junho para julho.

Foram negociadas 483.651 unidades em julho, ante 482.849 unidades em junho, num pequeno acréscimo de 0,17%. Já comparando o acumulado de janeiro a julho de 2011 com o mesmo período de 2010, o volume de veículos saltou de 2.962.877 unidades para 3.232.929, numa alta de 9,11%. “O resultado de julho demonstra tendência de estabilidade no mercado, o que já era esperado”, afirmou Sergio Reze, presidente da Fenabrave.

As projeções da entidade para o ano continuam em 5,5% (automóveis e comerciais leves), índice que foi divulgado à imprensa na coletiva realizada no início de julho.  Anteriormente, o índice de crescimento previsto para o encerramento de 2011 era de 4,2% para estes segmentos.

Confira os resultados por segmento:

Automóveis e Comerciais Leves – Os emplacamentos de automóveis e comerciais leves seguiram a tendência de equilíbrio. Juntos, os segmentos registraram ligeiro aumento de 0,35%, passando de 286.935 unidades para 287.941 unidades. Já na comparação entre os acumulados (janeiro a julho) de 2010 e 2011, as vendas aumentaram de 1.780.924 unidades para 1.926.020 unidades, respectivamente, num crescimento de 8,15%.

Caminhões – Foram comercializados 15.533 caminhões em julho, contra 14.769 unidades em junho, numa alta de 5,17%. Comparando o acumulado de janeiro a julho de 2011 (quando foram negociadas 98.356 unidades) com o mesmo período de 2010 (85.446 unidades), o segmento apresentou evolução de 15,11%.

Ônibus – As vendas de ônibus evoluíram 3,81% de junho para julho, passando de 2.628 unidades para 2.728 no período. Na comparação entre os acumulados de 2011 e 2010, o setor cresceu 21,69%, saltando de 15.695 unidades em 2010 para 19.099 de janeiro a julho de 2011.

Motos O volume de vendas de motos retraiu 0,98%, diminuindo de 161.784 unidades para 160.197 entre junho e julho deste ano. Já na comparação dos acumulados de 2011 e 2010, o segmento de duas rodas evoluiu 10,14%, passando de 979.113 unidades para 1.078.444 motos emplacadas no período.

Implementos Rodoviários – O segmento de implementos rodoviários apresentou crescimento de 2,72% de junho para julho deste ano, passando de 5.151 unidades para 5.291. Comparando o desempenho de janeiro a julho de 2011 e 2010, o setor evoluiu 7,21%, totalizando 34.153 unidades em 2011.

Outros (carretas para transporte de motos, barcos, etc.) – Foram negociadas 7.110 unidades em julho, contra 6.702 unidades em junho, num crescimento de 6,09%.

Máquinas Agrícolas – O segmento de máquinas agrícolas contabilizou 4.851 unidades em julho, ante 4.870 unidades em junho, retraindo 0,39%. Comparando os acumulados de 2010 e 2011, a queda foi de 8,39%, passando de 34.577 unidades (2010) para 31.677 unidades (2011).

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Honda participa da Reatech 2017 e reforça compromisso com público portador de deficiência

Com o Programa Honda Conduz, empresa investe no atendimento personalizado ao público PcD e apresenta ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *