BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Felipe Zanol vive os bastidores do Rally Dakar 2012

Felipe Zanol vive os bastidores do Rally Dakar 2012

Estrutura impressionou o piloto, que tem tido bastante contato com o público e com os competidores em Mar Del Plata, Argentina

Mar Del Plata (Argentina) – Felipe Zanol está em contagem regressiva para a estreia no Rally Dakar e vive intensamente os bastidores do maior evento off-road do mundo. Diante de grande movimentação em Mar Del Plata, cidade argentina que será palco da largada no dia 1º de janeiro, o piloto tem tido muito contato com o público e com os competidores. A vistoria técnica da motocicleta KTM 450 Rally Replica do brasileiro, inicialmente marcada para a manhã desta quinta-feira, foi adiada para sábado por conta de um atraso na liberação do equipamento pela alfândega argentina.

“Estou esperando até agora a motocicleta chegar, já que são mais 1.300 quilômetros de viagem a Mar Del Plata. A ansiedade é grande e passamos momentos tensos com esta situação, mas só da alfândega já ter liberado é um alívio grande. O esforço do Dimas Mattos, da equipe Brasil Moto Tour, do Carlãozinho Coachman, da KTM, e de um grupo enorme de pessoas foi fundamental para que tudo desse certo. Todos estão muito dedicados para que eu consiga chegar até o final deste desafio”, contou Zanol.

Ele chegou na noite da última terça-feira na Argentina e ficou impressionado com a estrutura do Rally Dakar. “É algo monstruoso, com dimensões que eu nunca tinha visto antes. O tamanho do evento impressiona e a área de box é realmente gigante. O contato com o público é bem próximo, e o fato de eu falar espanhol ajuda bastante”, continuou o mineiro.

“Ontem estive no espaço da Red Bull e fiquei muito contente de ver o meu vídeo sendo veiculado ao lado das imagens dos pilotos oficiais da equipe, como o Marc Coma e o Cyril Despres”, observou Zanol, referindo-se aos competidores KTM tricampeões do Dakar. “Agora vou procurar descansar bem e definir alguns detalhes na moto assim que possível”, concluiu o brasileiro.

O Rally Dakar 2012 é formado por 8.363 quilômetros de desafios para as motocicletas, sendo 4.406 deles de trechos cronometrados. A prova inclui ainda quadriciclos, carros e caminhões, com chegada no dia 15 de janeiro em Lima, no Peru. O trajeto passa ainda pelo Chile (confira o roteiro completo abaixo).

Felipe Zanol é piloto da equipe KTM Brasil com patrocínio de Red Bull, Cia do Terno, ASW, Rinaldi, ATS Informática, Mobil, SEEJ e Vedamotors, além do apoio de Água Mineral Ingá, Mr Pró e Brasil Moto Tour.

Percurso Rally Dakar 2012 

1/1/2012 – 1ª etapa
Mar Del Plata – Santa Rosa de La Pampa (Argentina)
796 km de deslocamento
60 km de especial

2/1/2012 – 2ª etapa
Santa Rosa de La Pampa – San Rafael (Argentina)
486 km de deslocamento
295km de especial para motos, quadriciclos e caminhões
290 km de especial para automóveis

3/1/2012 – 3ª etapa
San Rafael – San Juan (Argentina)
293 km de deslocamento
270km de especial para motos e quadriciclos
208 km de especial para automóveis e caminhões

4/1/2012 – 4ª etapa
San Juan – Chilecito (Argentina)
388 km de deslocamento
326 km de especial

5/1/2012 – 5ª etapa
Chilecito – Fiambala (Argentina)
151 km de deslocamento; 265 km de especial para motos e quadriciclos
246 km de deslocamento; 177 km de especial para automóveis e caminhões

6/1/2012 – 6ª etapa
Fiambala (Argentina) – Copiapo (Chile)
349 km de deslocamento
247 km de especial

7/1/2012 – 7ª etapa
Copiapo – Copiapo (Chile)
154 km de deslocamento
444 km de especial

8/1/2012 – Dia de descanso

9/1/2012 – 8ª etapa
Copiapo – Antofagasta (Chile)
209 km de deslocamento
477 km de especial

10/1/2012 – 9ª etapa
Antofagasta – Iquique (Chile)
9 km de deslocamento
557 km de especial

11/1/2012 – 10ª etapa
Iquique – Arica (Chile)
317 km de deslocamento
377 km de especial

12/1/2012 – 11ª etapa
Ariqua (Chile) – Arequipa (Peru)
171 km de deslocamento; 538 km de especial para motos e quadriciclos
120 km de deslocamento; 478 km de especial para automóveis
120 km de deslocamento; 432 km de especial para caminhões

13/1/2012 – 12ª etapa
Arequipa – Nasca (Peru)
259 km de deslocamento; 246 km de especial para motos e quadriciclos
440 km de deslocamento; 246 km de especial para automóveis e caminhões

14/1/2012 – 13ª etapa
Nasca – Pisco (Peru)
76 km de deslocamento
276 km de especial

15/1/2012 – 14ª etapa
Pisco – Lima (Peru)
254 km de deslocamento
29 km de especial
Cerimônia do pódio em Lima

Distâncias totais do percurso:
Motos e quadriciclos – 8.363km, sendo 4.406 km de especiais
Automóveis – 8.373 km, sendo 4.191 km de especiais
Caminhões – 8.333km, sendo 4.151 km de especiais

Facebook: Vai, Zanooool
Twitter: @felipezanol

?

fonte: Mundo Press. Foto: Marcelo Maragni/ Red Bull Content Pool

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Sambódromo recebe exposição da Linha Opala

Na próxima terça-feira, dia 10 de outubro, o tradicional evento de carros antigos e especiais ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *