BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Sobre Autos / Fiat adia férias para recuperar demanda brasileira e incentiva produção em fábrica argentina

Fiat adia férias para recuperar demanda brasileira e incentiva produção em fábrica argentina

Foto: Pedro Silveira/Folhapress

Presidente da CAMARBRA analisa o impacto no aumento da produção automotiva argentina, neste início de ano, graças a baixos estoques brasileiros.

A redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) gerou um bom retorno na venda de automóveis no Brasil beneficiando algumas montadoras, que decidiram adiar as habituais férias coletivas no final do ano. A Fiat foi uma das fábricas que manteve os trabalhadores da produção e áreas afins durante o mês de dezembro, com as férias reprogramadas apenas para o final de janeiro, graças à combinação de alta demanda e baixos estoques. Esta ação, que visa à recuperação de vendas no país, incentivou de forma positiva a fábrica da Fiat em Ferreyra, na Argentina.

Dessa forma, os responsáveis pela montadora na Argentina também decidiram adiar as férias, até fevereiro, para contribuir de forma efetiva na exportação de veículos ao Brasil, antes que haja um novo aumento da demanda. Para o presidente da CAMARBRA (Câmara de Comércio Argentino Brasileira de São Paulo), Alberto Alzueta, esta é uma ótima oportunidade para que a Argentina aqueça novamente a exportação de veículos ao Brasil logo no início de 2013, já que este não foi um ano muito bom para o setor automotivo.

Segundo dados da Adefa (Associação de Fabricantes de Automóveis), a produção na Argentina caiu 7,8% desde 2011, já as vendas de concessão tiveram uma queda de 6%, e as exportações uma baixa de 18,4%. No Brasil, o número de licenciamentos de veículos aumentou 4,8%, de janeiro a novembro de 2012, se comparado ao mesmo período do ano passado, somando mais de 3,4 milhões de unidades, segundo levantamento da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores). Outros dados da Adefa apontam que as exportações provenientes da Argentina tiveram uma queda acentuada em 2012, mas que nos últimos três meses – outubro, novembro e dezembro – houve uma importante recuperação nas vendas externas, se comparadas a 2011.

“Especialistas que atuam no segmento estão otimistas, com boas perspectivas de emprego ao longo deste ano. A decisão da Fiat em adiar as férias gerou um resultado bom ao setor automotivo, pois os principais fornecedores de autopeças que atuam na Argentina, como Gestamp, Denso e Magneti Marelli, também seguiram a mesma linha. Além disso, sabemos que o país exportou 82,3 % de toda sua produção ao Brasil, de modo que as atividades dos terminais de Córdoba estão exclusivamente voltadas à demanda de seu principal parceiro no Mercosul”, ressalta o presidente da CAMARBRA, Alberto Alzueta.

Segundo porta-vozes da Fiat, o ano de 2013 começou bem, já que quase nove em cada 10 carros produzidos foram exportados ao Brasil. Nas linhas de produção da fábrica localizada em Ferreyra serão montados modelos de automóveis como Palio Fire, o novo Palio e Siena. A Fiat Auto possui 3.100 trabalhadores, e no ano passado produziu mais de 73,8 mil veículos.

***

MKT House / Marcela Baptista

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

hrv

HR-V é o Honda mais vendido do Brasil

Sucesso de vendas no País, modelo consolida sua liderança no acumulado do ano Sete meses ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>