BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Gaúcho de Motovelocidade abre contagem regressiva para a grande final

Gaúcho de Motovelocidade abre contagem regressiva para a grande final

Os fãs de adrenalina estão em contagem regressiva para a grande final do GP Gaúcho de Motovelocidade. O evento que define os campeões da temporada 2011 está marcado para os dias 12 e 13 de novembro no Autódromo Internacional de Guaporé, no interior do Estado, cuja pista possui 3,080 km. O ingresso para as arquibancadas custa cinco reais, sendo que a credencial para a área de box vale 10 reais. Os pontos de venda são: Remi Moto Peças (em Novo Hamburgo), Impacto Motos (Bento Gonçalves, Farroupilha e Caxias do Sul) e loja de conveniência Beatle, em Guaporé.

O campeonato chega à etapa final com as principais categorias totalmente indefinidas. Na 1000cc Turismo, por exemplo, Fabiano Alegre e Elder Cabrera estão empatados com 78 pontos – apenas um a mais que Joniran Saling. O duelo entre o catarinense Giovani Mocelin (87 pontos) e o uruguaio Miguel Carbajal (81) promete pegar fogo na Superbike, com o piloto Alexandre Kracik, o Penélope, correndo por fora com 74 pontos.

Já na Superbike Light, a única certeza é de que a taça irá para Santa Catarina: Juliano Vendrami assumiu a liderança com 95 pontos na última etapa, realizada no final de setembro em Santa Cruz do Sul, mas Anderson Mocelin (77) também está de olho no título. Representantes da capital Porto Alegre são os mais cotados para levar o título da 125cc, já que Thiago Montardo lidera com 71 pontos, seguido por Rafael Eidt, com 63.

Na 300cc, a taça irá para Bento Gonçalves, pelas mãos de Marciano Santin ou Giovandro Tonini, ambos com 88 pontos, ou de Rafael Portaluppi (86). Já na 600cc Turismo, Tércius Dalmas não deve ter o título ameaçado. O piloto de Joaçaba lidera com grande folga: 54 pontos, contra 22 de Crystian Dal Bello e de André Dorneles.

Taça garantida – Poucos pilotos já garantiram lugar para a taça do GP Gaúcho em suas galerias de títulos. O primeiro a ser campeão antecipado da temporada foi o uruguaio Maximiliano Gerardo, da 250cc. A situação é tão tranquila que ele não estará em Guaporé, já que na mesma data irá disputar o título argentino de motovelocidade.

O também uruguaio Bruno Madera assegurou o campeonato da categoria 600cc Supersport e na etapa final tentará a sorte com uma motocicleta de 1000 cilindradas na Superbike. As classes 600cc Street e 600cc Sport também já têm os seus campeões: Osmar Cefrin, o Mazinho, e Lisandro Soares, respectivamente. Para conferir a classificação completa do GP Gaúcho de Motovelocidade, clique aqui.

Com organização da AGEM, o GP Gaúcho de Motovelocidade tem o patrocínio de Pirelli, Impacto Motos e Servitec. O evento conta com o apoio de Speed Channel, Remi Moto Peças e Chacal Fotografias.

?

fonte: Mundo Press. Foto: Chacal Fotografias

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Kawasaki lança Vulcan S com novas versões para 2018

A Vulcan S chega ao mercado brasileiro em novas versões 2018 com novidades que tornam ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *