BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Com a palavra / GPS agora pode ser usado também por motos!

GPS agora pode ser usado também por motos!

A novidade “carregador de GPS para motos” garante o uso permanente do aparelho sobre duas rodas sem descarregar

Desde a década de 80 as motocicletas vêm se tornando um transporte essencial no dia-a-dia das grandes cidades, já que a procura por serviços prestados pelos motoboys aumentam a cada dia em busca de rapidez e praticidade.

Para se ter idéia, só na cidade de São Paulo, circulam em média 300 mil motoboys por dia. Esse alto percentual já foi destaque em um artigo do New York Times, um dos jornais de maior influência do mundo, dizendo: “Se os motoboys pararem, São Paulo pára.”

Além disso, esse crescimento está ligado diretamente ao alto índice de acidentes que envolvem motoboys em todo o mundo, onde só no Brasil, morrem cerca de vinte e três pessoas por dia, segundo o site SP AGORA. Muitas vezes por imprudência, outras por pura distração.

Pensando nisso, o inventor brasileiro Jordélio Pacheco Soares, criou um sistema inovador para facilitar a vida dos milhares de motoboys que há algum tempo esperavam por tal novidade no mercado, criando um sistema de carregar o GPS em motos, um produto capaz de resolver o problema de localização nas grandes cidades, permitindo que o uso do GPS seja possível também para as motos, o que até então não existe oficialmente no mercado, existe apenas para carros. Além disso, o carregador funciona também para carregar celulares. Garantindo assim mais segurança, facilidade e tranqüilidade.

O carregador funciona fixando um dispositivo no guidão das motocicletas e das bicicletas motorizadas, conectando internamente à bateria convencional, puxando diretamente sua energia e transformando-a. O dispositivo possui ainda um conector móvel que permite o usuário recarregar os aparelhos conectando-os diretamente na tomada.

Parceria – Por isso, Soares está em busca de parceiros para ajudar a desenvolver modelos. Por enquanto essa novidade é apenas um protótipo, mas está à procura de interessados em investir no projeto” afirma.

Com patente requerida em todo o território brasileiro, Jordélio Pacheco Soares busca negociá-la ou obter uma parceria entre fabricantes de peças e acessórios para motocicletas, para criar modelos, realizar testes e conseguir industrializá-la. Empresários interessados em investir no produto devem entrar em contato com a Associação Nacional dos Inventores pelo telefone (11) 3873-3211.

Sobre a Associação Nacional dos Inventores

Tudo começa com uma boa ideia na cabeça. Depois do desenvolvimento de um protótipo e da realização de testes, o inventor tem a certeza de que o fruto daquela boa ideia vai melhorar a vida de muitas pessoas. A partir daí, muitos deles se perguntam: “O que fazer agora?”.

A Associação Nacional dos Inventores (ANI) foi criada exatamente para que as invenções brasileiras sirvam a toda a sociedade e para estimular os inventores a continuar dedicando-se à descoberta de novidades. “Nosso papel é incentivar e popularizar as inovações tecnológicas no País”, afirma o presidente e fundador da entidade, Carlos Mazzei. “Trabalhamos na orientação e regularização das patentes de projetos e na posterior comercialização dos inventos em escala industrial.”

Mazzei, também conhecido como “empresário dos inventores”, dedica-se integralmente à busca pelo reconhecimento dos inventos brasileiros. “Quando se fala em invenção, muitos pensam apenas em projetos ‘malucos’. Eles também existem, mas anualmente, são desenvolvidos diversos produtos e soluções para os problemas cotidianos.”

Muitos projetos de extrema importância ainda aguardam investidores decididos a produzi-los em escala industrial. Outros já estão no mercado, trazendo bons lucros a quem os criou.

?

fonte : Inventandum Comunicação e Assessoria – Manuela Pimentel (11) 7651-0559 – imprensa@inventores.com.br

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

52% dos brasileiros consideram o transporte público ruim ou péssimo

De acordo com o estudo realizado pela Expertise, 56% das pessoas gastam mais de uma ...

3 comentários

  1. Ola, eu fiz da seguinte forma:
    Comprei o um GPS para ser usado no carro; más como faço viagens usando tabem a moto com frequencia, eu fiz um suporte de metal, encaixei o GPS dentro e parafuzei no guidão da moto e puxei um fio direto da bateria para alimentar o GPS. Assim posso usar o mesmo aparelho no carro ou na moto.

  2. Podemos conversar a respeito do protótipo de GPS p/ motocicletas?

    msn: master.photo@hotmail.com

    Grato!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *