BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Hector Assunção atrai atenções no Pro Tork Brasileiro de Motocross

Hector Assunção atrai atenções no Pro Tork Brasileiro de Motocross

Em grande fase, piloto quer continuar surpreendendo na terceira etapa da competição, dias 16 e 17 de julho em Canelinha (SC)

O piloto Hector Assunção, de 19 anos, era para ser apenas espectador da disputa pelo título da categoria MX1 no Pro Tork Brasileiro de Motocross. Ele teve a oportunidade de alinhar no gate da classe para motocicletas de 450 cilindradas na segunda etapa da competição, realizada em abril em Carlos Barbosa (RS), e de cara subiu ao pódio em segundo lugar. Agora, quer continuar conquistando espaço no terceiro round da batalha pelo título nacional, marcado para os dias 16 e 17 de julho na pista do Motódromo Arthur Jachowicz, em Canelinha (SC). Haverá ainda baterias para as classes MX2, MX3, MX4, 230cc, 85cc e 65cc.

O foco de Hector Assunção é a categoria MX2, na qual está em terceiro lugar, portanto foi para a sua estreia na MX1 sem qualquer compromisso. O irmão dele, Roosevelt Assunção, tinha machucado a clavícula e Hector não quis deixar a moto parada em Carlos Barbosa, conciliando a prova com a da MX2. Resultado: melhor tempo nos treinos cronometrados e festa no pódio.

O paulista promete mais surpresas para Canelinha, já que está motivado por ter conseguido ser o melhor brasileiro da etapa nacional do Campeonato Mundial da modalidade, realizada em maio em Indaiatuba (SP). “Posso dizer que estou na minha melhor fase. Desde a categoria 65cc, venho caminhando devagar e agora estou conseguindo mostrar mais o meu trabalho”, explicou Hector, que vai continuar na MX1. “O meu irmão vai ter a moto dele de volta, então estamos decidindo se eu corro com a dele de treino ou se vou de 250cc”, antecipou o piloto.

Os atuais líderes do Pro Tork Brasileiro de Motocross são: Antônio Jorge Balbi Júnior (MX1), Dudu Lima (MX2), Milton Becker “Chumbinho” (MX4), Gustavo Henn (85cc), Massoud Nassar (MX3), Enzo Lopes (85cc) e Fabiano dos Santos (230cc). A competição possui sete etapas no total, com a grande final marcada para o dia 29 de outubro em Siqueira Campos (PR).

O Pro Tork Brasileiro de Motocross tem patrocínio de Pro Tork e Rinaldi. A terceira etapa conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Canelinha, Moto Shop Racing, Destak e Geração Motos, além de organização do Motoclube de Canelinha, realização da Federação Catarinense de Motociclismo e supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo.

?

fonte: Mundo Press. Foto: Elton Souza/Divulgação

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Evento inédito reúne gastronomia, as melhores motos do Brasil e muito lazer

Um evento diferenciado no qual o público poderá passar um final de semana divertido e ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *