BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Maico Teixeira faz a alegria da torcida e é bicampeão da 600 Hornet

Maico Teixeira faz a alegria da torcida e é bicampeão da 600 Hornet

Wesley Gutierrez vence segunda bateria, mas não consegue alcançar rival na classificação geral

Principais postulantes ao título da categoria 600 Hornet em 2011, Maico Teixeira (#36), primeiro colocado, e Wesley Gutierrez (#47), vice-líder, travaram um grande duelo nesta manhã de domingo (30), no Autódromo Internacional do Velopark, em Nova Santa Rita (RS). A cidade localizada no Rio Grande do Sul foi palco da sexta e última etapa do Racing Festival.

Wesley precisava tirar uma diferença de sete pontos do rival. O paranaense fez uma corrida excepcional, liderou a maioria das voltas e recebeu a bandeira quadriculada em primeiro. Porém, insuficiente. Maico chegou logo atrás, na segunda colocação, e conquistou o bicampeonato da categoria.

“Deu tudo certo. Eu sabia que poderia chegar em terceiro. No final, resolvi não forçar e só levar a moto na segunda colocação. Ser bicampeão é maravilhoso e ainda mais em casa. Obrigado a todos que me deram forças e passaram energias positivas para eu lutar. Um abraço forte”, comenta o Maico, que chegou aos 241 pontos na tabela.

CORRIDA

A largada teve início com Wesley Gutierrez pulando para ponta ao final da primeira curva. Já Maico Teixeira, pole position, não fez um bom começo e caiu para a quinta colocação. No momento, o título era de Wesley.

O gaúcho precisava se recuperar. Um terceiro lugar garantiria o título para o Rio Grande do Sul.

Com chances remotas de ser campeão, Ricieri Luvizotto (#42) era o sexto. Os pilotos Guga Folheto (#28), Marco Brunheroto (#777) e Murilo Colatreli (#74) iniciaram a prova com bastante força e lutavam pelas primeiras colocações. Guga e Brunheroto chegaram a liderar a bateria por alguns momentos.

O mau início não abalou Maico. Em três voltas, o gaúcho ultrapassou quatro concorrentes e assumiu a liderança. A partir de então, Maico e Wesley, lado a lado, tentavam de todas as formas comandar a prova. Trocaram de posição várias vezes.

Enquanto isso, Ricieri dava sinais que poderia melhorar. O paulista foi para a terceira posição na nona volta. Já Guga perdeu o controle da moto e foi ao chão. Apesar da queda, o competidor reposicionou a moto e voltou para a pista.

Maico voltou a liderar a prova na 21ª volta. No entanto, Wesley, mais rápido, deu o troco no rival. O paranaense levou até o fim sua moto Honda CB 600F Hornet na primeira colocação. Já Maico, satisfeito com a vice-liderança na bateria, que lhe garantiria os pontos necessários para levar o título, cruzou a linha de chegada e comemorou o bicampeonato.

?

fonte : Assessoria de Imprensa / Ricardo Ribeiro/José Branco Neto

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Evento inédito reúne gastronomia, as melhores motos do Brasil e muito lazer

Um evento diferenciado no qual o público poderá passar um final de semana divertido e ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *