BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Mais de cinco mil assistiram a abertura do Sul Brasileiro de Motocross

Mais de cinco mil assistiram a abertura do Sul Brasileiro de Motocross

A cidade de Taquaruçu do Sul, distante 431 km de Porto Alegre, na região noroeste do estado, viveu neste final de semana 25 e 26 de fevereiro as emoções da abertura do Sul Brasileiro de Motocross, aliás, emoção não faltou nas nove categorias disputadas. O evento que abriu a temporada do motocross no Rio Grande do Sul, recebeu um público superior a 5.000 pessoas que vibrou a cada largada e disputa de posição.

No sábado os treinos livres aconteceram normalmente mesmo com presença da chuva, que aumentou consideravelmente no final da tarde e se estendeu durante quase toda a noite. As primeiras horas da manhã foram de apreensão, afinal, a previsão do tempo mantinha uma possibilidade de chuva, que acabou não se confirmando. A equipe de pista da FGM e as máquinas da prefeitura começaram os trabalhos mesmo antes do sol aparecer, o Warm Up da manhã de domingo foi cancelado. No desenrolar da manhã do domingo, a pista foi melhorando, a ponto da direção de provas liberar uma sessão de treinos para todas as categorias, com isso, a pista enxugou de vez e o terreno ficou ideal para que os mais de cem pilotos inscritos acelerassem para valer.

Confira abaixo como foram as disputas na primeira etapa do Sulbrasileiro de MX.
Erivelton Nicoladelli o primeiro vitorioso da tarde.
A primeira categoria a alinhar no gate foi a MX3, o catarinense Erivelton Nicoladelli (Orleans) fez uma ótima largada e assumiu a liderança vencendo a prova de ponta a ponta, a grande disputa ficou entre Fabiano Ribeiro (Passo Fundo) e Everton da Silva (Palmeira das Missões), a briga pela segunda colocação foi palmo a palmo, no final, Everton da Silva chegou em segundo, Ribeiro foi o terceiro colocado, Gustavo Visotto (Carazinho) chegou logo atrás na quarta colocação, Maiara Basso (Mato Castelhano) depois de ficar presa no gate e largar em último levantou o público a cada ultrapassagem, finalizando na quinta colocação.

Vitória de Danny Oliveira na Nacional Livre
Vinicius Nalim (Pinhalzinho/SC) largou na ponta, mas logo foi ultrapassado por Danny Oliveira (Panambi), após ser ultrapassado Nalim ainda perdeu mais uma posição para Wanderlei da Silva (Três Passos) caindo para o terceiro lugar. Danny Oliveira acelerou forte para manter a liderança que começou a ser ameaçada por Wanderlei nas duas últimas voltas. No final comemoração e vitória para Danny, Wanderlei foi o segundo, Vinícius Nalim o terceiro colocado,  Maurício Maritan (Passo Fundo) na quarta e Wuillian Stein (Itapiranga/SC) na quinta colocação completaram o pódio.

Lucas Basso vence a Intermediária
A largada da categoria Intermediária levou os mais de 5.000 espectadores ao delírio, em uma ótima largada Frederico Andrigo (Marau)  fez o hole shot, logo atrás vinham Roberto Bergamann (Santa Rosa), Lucas Basso (Gentil) e Ricardo de Cristo (Frederico Westphalem), os três imprimiram um ritmo forte, Frederico Andrigo não aguentou a pressão e caiu para à quarta colocação, Moisés Lazarotto (Marau)  também apertou o ritmo e assumiu a quarta colocação deixando Fredy na quinta colocação. Lucas Basso assumiu a liderança para receber a bandeirada da vitória, com Bergamann em segundo, De Cristo em terceiro, Lazarotto em quarto e Fredy na quinta colocação.

Gabriel Andrigo fatura a 50cc
A nova geração do MotoCross deu show na pista, na largada, Pedro Moraes (Marau)  e Gabriel Andrigo (Marau) dividiram a primeira curva, a vantagem foi de Pedro que fez o holeshot e apertou o ritmo, Gabriel Andrigo seguiu firme atrás do líder esperando a melhor hora de atacar, o que aconteceu na segunda volta, quando assumiu a liderança. A vitoria que parecia consumada só foi garantida na última volta, isso porque, Pedro Moraes apertou o ritmo e encostou em Andrigo. No final vitória de Gabriel Andrigo, Pedro Moraes foi o segundo colocado, Enzo Zorzo (Santa Rosa) que voltou às pistas após um ano parado foi o terceiro e Santiago da Silva (Frederico Westphalem) foi o quarto colocado.

No intervalo para a Manutenção de pista, aconteceu à abertura oficial da primeira etapa do Sulbrasileiro de Motocross, na oportunidade o presidente da FGM agradeceu o imenso apoio da Prefeitura Municipal de Taquaruçu do Sul, “em todo o meu tempo de trabalho junto a CBM já passei por muitos lugares onde as prefeituras municipais deram apoio aos eventos, mas nada se compara ao que nós presenciamos neste final de semana.” – declarou Paulo Della Flora.

Gentil de ponta a ponta na MX2
A vitória de Gabriel Gentil (Florianópolis) foi construída ainda na primeira volta, na largada, Leandro Dambrós (Gentil) assumiu a ponta, antes mesmo de completar a volta Gabriel Gentil já era o primeiro colocado, a partir daí Gabriel fez uma prova irretocável vencendo de ponta a ponta, Leonardo Dambrós depois de perder a liderança da prova vendeu caro a segunda colocação para Lucas Basso (Gentil), no final vitória de Gabriel Gentil, com Lucas Basso em segundo, Dambrós em terceiro, Vanderlei da Silva (Três Passos) foi o quarto colocado e Roberto Bergamann (Santa Rosa) fechou o pódio na quinta colocação.

Felipe Moraes faz as pazes com a vitória.

A categoria 65cc teve uma largada empolgante, Felipe Menuzzi (Dom Pedrito) que está de volta ao Motocross após um ano largou na frente, e manteve um ritmo forte nas duas primeiras voltas, Felipe Chagas Moraes (Marau) não deixou que o líder abrisse espaço e se manteve colado ao líder, Felipe Moraes manteve o mesmo ritmo do começo de prova, com isso, assumiu a liderança e abriu uma vantagem confortável em cima do segundo colocado, que ficou maior depois da queda de Menuzzi. Nas últimas duas voltas Felipe Moraes passou agradecendo o apoio do público e comemorando a vitória, Menuzzi foi segundo seguido de Bernardo Pícoli dos Santos (Marau) na terceira colocação, Lucas Moresco (Frederico Westphalem) foi o quarto colocado e Bruno Schmitz (Três Passos) completou o pódio na quinta colocação.
Wanderlei Silva foi o vencedor na 230cc

Os pilotos da categoria 230cc deram um grande show. A largada foi de arrepiar com direito a dividida na primeira curva em ritmo alucinante, Vanderlei da Silva assumiu a liderança em cima de Maurício Mauritan (Passo Fundo) ainda na primeira volta, o ritmo foi muito forte, um foi à sombra do outro, na metade da prova a experiência de Vanderlei prevaleceu e o piloto acabou levando a vitória para Três Passos, Mauritan foi o segundo, Regis Zonta (Seara/SC) foi o terceiro colocado, Rudinei Nicolag (Seberi) foi o quarto colocado e Wuillian Stein (Itapiranga/SC) fechou o pódio com a quinta colocação.

Henrique Araújo comemorou a vitória na 85cc
A largada da categoria 85cc , a penúltima da tarde, não deixou o entusiasmo do grande público diminuir, Henrique Araújo (Passo Fundo) e Grabriel Della Flora (Santa Rosa) assumiram as duas primeiras colocações, Henrique Grochanke (Ijuí) veio logo atrás na terceira colocação, Victor Fontana (Águas Claras/SC) junto com Felippe Menuzzi (Dom Pedrito) fizeram a disputa do segundo pelotão, Henrique logo abriu uma vantagem confortável na primeira metade da prova, já Gabriel esperou para forçar o ritmo na hora certa, e foi o que aconteceu, na segunda metade da prova Gabriel começou a diminuir a vantagem de Henrique, foram seis segundos  em três voltas, marcando a melhor volta da prova. Nas duas últimas voltas a disputa ficou eletrizante, quando abriram a última volta a vantagem não existia mais, Gabriel tentou a ultrapassagem no triplo, chegando a colocar a moto lado a lado com o líder, mas Henrique soube defender-se e manter a liderança até a bandeirada da vitória com Della Flora em segundo, Henrique Grochanke em terceiro, Felippe Menuzzi em quarto e Victor Fontana na quinta colocação.

Marronzinho de ponta a ponta na MX1
O público não arredou pé da pista para ver o show dos melhores pilotos do Brasil na última e mais importante categoria do campeonato, a MX1. Na largada João Marronzinho (Laguna/SC) pulou na frente seguido de Cristopher “Pipo” Castro (São José/SC) e Douglas “Duda” Parise (Casca).  Assim que assumiu a liderança Marrozinho começou a abrir vantagem deixando a grande disputa da categoria para Pipo e Duda, cinco voltas, a pressão de Duda deu certo, ele assumiu a segunda colocação, Pipo ficou um pouco atrás, mas não demorou para encostar de vez em Duda, à três voltas do final Pipo reassumiu a segunda colocação, colocando “fogo” na disputa, Duda com o imenso apoio da torcida fez de tudo para conseguir a ultrapassagem, mas Pipo conseguiu segurar a segunda colocação. Marronzinho foi o primeiro, Pipo o segundo, Duda o terceiro colocado, Gabriel Gentil foi o quarto e Lucas Basso o fechou o pódio na quinta colocação.

O etapa do Sul Brasileiro de Motocross em Taquaruçu do Sul foi uma promoção da Rádio Comunitária 88.9 FM e teve o apoio da Prefeitura Municipal de Taquaruçu do Sul.

A etapa Gaúcha do SulBrasileiro de Motocross foi uma realização da FGM com o patrocínio da Rinaldi e Mobil

?

Assessoria Imprensa FGM / André Charão. Foto: André Charão

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Harley-Davidson lança campanha global Discover More com foco na experiência do lifestyle da marca

Como parte da ação, a H-DB lança uma websérie com produção 100% nacional que incentiva ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *