BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Mercado e Segurança / Mercado de bicicletas encerra 2012 dentro da expectativa

Mercado de bicicletas encerra 2012 dentro da expectativa

Ações tomadas pelo Governo Federal no final de 2011 elevando as alíquotas de importação de peças de 20% para 35% foram fundamentais no desempenho do setor no ano que termina

A indústria fabricante de bicicletas deve comemorar 2012 como mais um ano de formalização e de aumento de valor do mercado. “Certamente encerraremos 2012 com faturamento maior do que o registrado no ano passado, o que reflete a venda de produtos de maior valor agregado, porém o mercado em unidades cai de 5 milhões de bicicletas em 2011 para 4,5 milhões de unidades”, comenta Eduardo Musa, vice-presidente do Sindicato Interestadual da Indústria de Materiais e Equipamentos Ferroviários e Rodoviários (SIMEFRE).

Depois de cinco anos de importação crescente, finalmente o setor pode comemorar uma queda da ordem de 10% no volume de produtos importados. “Acredito que devam ser importadas 330 mil peças em 2012, ante as 370 mil em 2011”, explica Musa, segundo quem o resultado foi possível graças às ações do Governo Federal, que aumentou a alíquota de importação de 20% para 35% em setembro do ano passado.

Como consequência do encarecimento da importação, o produto nacional tornou-se atrativo novamente e com isso, muitas empresas estudam a possibilidade de reativarem linhas de produção ou abrirem novas unidades a fim de atender a demanda de mercado.

Segundo o vice-presidente do SIMEFRE, os segmentos que mais têm crescido nos dois últimos anos são os de mobilidade urbana e o esportivo, justamente os produtos de maior valor agregado. As ações do governo criando ciclofaixas e estimulando o uso da bicicleta como veículo de transporte para o trabalho, esporte e lazer — modelos mais incrementados e de valores mais altos.

A exemplo de anos anteriores, a indústria fabricante de bicicletas continua produzindo para atender somente ao mercado doméstico. “Continuaremos trabalhando para conquistar alguns compradores fora do Brasil, pois temos produtos de qualidade para atender qualquer exigência de mercado”, comenta Musa.

No entender do vice-presidente do SIMEFRE, o ano de 2012 também foi positivo para a indústria instalada em Manaus. Principal pólo de fabricação de bicicletas no Brasil, a produção continua crescendo saindo de um milhão de unidades em 2011 para 1.1 milhão em 2012. De janeiro a setembro de 2012, o volume produzido em Manaus alcançou 675.767 mil unidades, com crescimento de 13,56% em relação a 595.075 unidades de igual período no ano passado.

Perspectivas para 2013

De acordo com o vice-presidente do S1MEFRE, as projeções para o ano de 2013 em termos de produção e vendas domésticas não devem sofrer grandes alterações. Ele acredita que as vendas devem se estabilizar em unidade, porém crescendo em valor.

***

Digital Assessoria Comunicação

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Produção de veículos cresce 23,4% no acumulado do ano

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea, divulgou na terça-feira, 6, em São ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *