BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Modelos MV Agusta começam a ser produzidos

Modelos MV Agusta começam a ser produzidos

  • – Unidades de Brutale e de F4 foram finalizadas em processo de try-out e começam a ser testadas em ruas e estradas do País
  • – Processo de montagem em série terá início em novembro; vendas começam já em dezembro
  • – Apresentação oficial das motocicletas ao público será no Salão Duas Rodas

Já saíram da fábrica da DAFRA Motos, em Manaus (AM), as primeiras unidades da MV Agusta Brutale e F4. As motocicletas estão passando pela fase de try-out, que compreende a montagem de protótipos seguindo os processos de fabricação já implantados na linha, porém, num ritmo ainda diferente da produção em série.

Além disso, depois de passarem pelo controle de qualidade e inspeção final, as motocicletas foram avaliadas no dinamômetro do Laboratório de Controle de Emissões de Poluentes e Análises Experimentais e, neste momento, estão seguindo para testes de rodagem em diferentes ambientes, incluindo trechos urbanos e rodoviários.

De acordo com Victor Trisotto, diretor de engenharia da DAFRA, esta fase é extremamente importante para garantir que todos os modelos saiam da fábrica em perfeitas condições. “O try-out tem como objetivo demostrar a capacidade de montagem do produto dentro dos critérios de qualidade e com todos os meios finais de produção. Nesta fase, os envolvidos na fabricação já estão treinados e aptos a montar o produto, os meios industriais estão prontos, validados e disponíveis para montagem completa”, explica. “O try-out é fundamental para que a produção em série ocorra com a qualidade prevista e com a cadência desejada. No entanto, vale destacar que os produtos MVAgusta já foram validados em outra  fase  do projeto com testes mais severos. Estamos agora apenas validando o processo de montagem inicial”.

Após os testes de rodagem, as motocicletas retornam para a engenharia da DAFRA para serem inspecionadas. “Em função do resultado da rodagem se dará o ‘Acordo para Produzir em Série’. Caso exista algum ajuste a ser feito, haverá a etapa de correção de montagem e nova rodagem. No total estamos falando de 50 dias entre montagem e testes e aprovação para entrada em série dos modelos MV Agusta”, conta Victor.

Processo de montagem

Somente uma fábrica que atendesse com rigor as especificidades da fabricação de motocicletas do porte da Brutale e da F4 poderia abrigar a MV Agusta no Brasil. E foi o que aconteceu com a DAFRA. Desde sua fundação, em 2008, a unidade industrial da empresa vem recebendo investimentos contínuos no aperfeiçoamento de seus processos produtivos e conta com equipe de qualidade especializada no desenvolvimento de projetos de melhoria voltados à área de engenharia.

Para receber as necessidades da fabricante italiana e em linha com os objetivos de permanente aprimoramento dos produtos e procedimentos da DAFRA, o departamento de engenharia da fabricante nacional, que treinou parte de sua equipe na unidade da MV Agusta na Itália, trabalhou na adaptação das motocicletas da marca internacional às particularidades brasileiras. Tudo isso para oferecer ao exigente consumidor do Brasil os melhores produtos no segmento premium das motos de alta cilindrada.

No total, a equipe DAFRA na operação MV Agusta é composta por 12 pessoas, treinadas durante 60 dias na fábrica da cidade de Varese, na Itália. Ao final deste período, brasileiros e italianos montaram juntos as unidades produzidas na planta de Varese.

Além deste treinamento na Itália, na fase de try-out a equipe da DAFRA é acompanhada por quatro técnicos da MVAgusta que coordenam a fabricação e asseguram que toda a montagem siga os mesmos  critérios utilizados na  planta matriz em Varese.

“O processo de montagem das motos F4 e Brutale 1090R e 1090RR, nesta fase de try-out na fábrica da DAFRA, está sendo desenvolvido de forma excelente. Estamos realmente muito satisfeitos com o trabalho de todos que estão participando desta atividade. Temos de dizer que trabalhar com essa equipe está sendo muito positivo, além de uma fase de aprendizado”, afirma Roberto Godone, diretor técnico da MV Agusta que acompanha o início da produção dos modelos no País. “A equipe DAFRA que treinou por 60 dias na Itália tem ratificado, durante a fase de try-out, o domínio do conhecimento adquirido durante o treinamento na fábrica da MV Agusta. As motos montadas, com ótima qualidade, confirmada na inspeção final e etapas de teste, refletem a excelência do processo, do pessoal, do trabalho em equipe e da competência técnica da DAFRA”.

Parceria DAFRA e MV Agusta

A parceria entre a DAFRA Motos e a MV Agusta – mais exclusiva marca de motocicletas de alta cilindrada do mundo – foi firmada no último mês de junho e prevê a fabricação e comercialização dos modelos Brutale e F4.

As motocicletas são voltadas ao mercado de produtos premium e representam o que há de melhor no segmento esportivo de duas rodas, unindo design, tecnologia, estilo, além de serem equipadas com motor de quatro cilindros em linha e válvulas radiais. Características que, somadas, compõem um deleite para os apaixonados por motociclismo.

Essa é a primeira vez que a MV entra em acordo para a produção de suas motocicletas fora de sua fábrica em Varese, na Itália. Segundo Massimo Bordi, vice-presidente executivo da MV Agusta, essa ação é a confirmação da confiança da empresa italiana no desenvolvimento do mercado brasileiro, considerado muito estratégico pelo executivo.

De acordo com ele, a escolha da DAFRA como parceira foi motivada pelo conhecimento da empresa sobre o mercado de motocicletas nacional e pela possibilidade de se estabelecer uma relação duradoura para projetos futuros.  Além disso, por conta do contínuo crescimento econômico do Brasil e de seu protagonismo no cenário mundial, também impulsionado nos próximos anos por eventos como a Copa do Mundo FIFA em 2014 e Jogos Olímpicos em 2016, a DAFRA e a MV Agusta acreditam que o País apresenta e possibilita um horizonte de negócios promissor para o segmento de produtos premium. Por isso, a expectativa é que em seis anos, as vendas brasileiras representem 20% dos negócios da MV Agusta no mundo, que hoje somam 20 mil unidades.

MV Agusta
www.mvagustamotos.com.br

A MV Agusta representa a história romântica do motociclismo italiano, fundado na paixão, no sucesso no automobilismo e no desempenho dos modelos mais extremos. É a marca mais exclusiva do setor de motocicletas no mundo inteiro.

Um mito sancionado por 75 títulos mundiais (37 fabricantes e 38 pilotos) e celebrado por meio de produtos capazes de conquistar a apreciação de entusiastas e especialistas. Estilo distinto e sedutor são marcas comerciais dos modelos F4 e Brutale da MV Agusta, equipados com um refinado motor de quatro cilindros em linha com válvulas radiais. Uma peculiaridade que torna os modelos únicos no mundo do motociclismo. Prestígio e exclusividade são qualidades que caracterizam o grupo.

?

fonte : Patrícia Fernandes / Coordenadora de assessoria de imprensa

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Harley-Davidson do Brasil atesta a importância da troca do fluido de freio

As principais características dos fluidos de freio, revisão, manutenção e informações completas sobre o seu ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *