BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Moto 1000 GP busca reforçar padrão internacional em 2012

Moto 1000 GP busca reforçar padrão internacional em 2012

Campeonato idealizado e criado em 2011 por Alex Barros e Gilson Scudeler abrirá sua segunda temporada no dia 17

O Moto 1000 GP vai dar início no dia 17 de junho à segunda temporada de disputas. Criado em 2011 sob o propósito de oferecer aos pilotos brasileiros um campeonato moldado nos padrões internacionais da velocidade, o evento idealizado e desenvolvido pelos pilotos Alexandre Barros e Gilson Scudeler já tem delineados os planos de ação para a edição de 2012, com metas voltadas à formação de pilotos para atuação em competições fora do Brasil.

“No primeiro ano do Moto 1000 GP, os pilotos criaram uma referência no que diz respeito às competições no Brasil, e eles consideram que o resultado previsto foi plenamente alcançado, que todas as metas foram atingidas”, avalia Barros. “O retorno junto aos pilotos, aos patrocinadores e aos organizadores foi muito positivo”, considera o piloto, recordista de participações no Mundial de Motovelocidade, com 276 largadas nas categorias 500cc e MotoGP.

Barros, a partir de 2012, não terá participação direta na organização do Moto 1000 GP. Seu trabalho estará focado em sua escola de pilotagem, a Alex Barros Riding School, e em um novo projeto, ainda não revelado. “Espero que minha experiência internacional tenha colaborado para o desenvolvimento da motovelocidade no Brasil. Desejo muito sucesso a todos os envolvidos com o Moto 1000 GP”, finalizou Barros, em comunicado à imprensa.

Gilson Scudeler, organizador do campeonato, destaca a importância da participação de Alex Barros no nascimento do Moto 1000 GP. “Ele trouxe para o Moto 1000 GP um conceito internacional, que vamos continuar aplicando nos eventos, dentro das condições que o Brasil oferece. A imagem do Alexandre foi de uma importância enorme para consolidar a marca do campeonato. Foi uma parceria muito proveitosa, aprendemos muito com ele”, destacou.

Adaptando à realidade brasileira os conceitos implantados no Moto 1000 GP, Scudeler vislumbra o reconhecimento internacional. “Trabalhamos para ter um campeonato compatível com os principais internacionais, como o Italiano, o Espanhol, o Mundial de Superbike, o MotoGP. Temos nossas corridas ao vivo na Record News, um ótimo suporte de comunicação e o reconhecimento dos pilotos. As perspectivas para 2012 são muito promissoras”, manifestou.

CALENDÁRIO
A temporada do Moto 1000 GP terá oito etapas: 17 de junho – Interlagos (SP), rodada dupla; 22 de julho – Brasília (DF); 19 de agosto – Curitiba (PR); 23 de setembro – Santa Cruz do Sul (RS); 21 de outubro – Cascavel (PR); 2 de dezembro – Jacarepaguá (RJ), rodada dupla.

A competição tem patrocínio de Petrobras e Lubrax, além de BMW Motorrad e Michelin, e apoio de Beta, Shoei, Servitec, Tutto Moto, Bell e W2 Boots.

***

Grelak

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Sambódromo recebe exposição da Linha Opala

Na próxima terça-feira, dia 10 de outubro, o tradicional evento de carros antigos e especiais ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *