BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Moto 1000 GP inova na motovelocidade do Brasil com adoção de pneus slick

Moto 1000 GP inova na motovelocidade do Brasil com adoção de pneus slick

Falta uma semana para o início da segunda temporada do Moto 1000 GP. A programação dos treinos livres para a primeira etapa no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos, será aberta na manhã da próxima sexta-feira (15), com sessões distintas para as duas categorias da competição – a programação será divulgada no início da semana. A categoria GP 1000 trará à pista uma das principais novidades técnicas de 2012.

O Moto 1000 GP torna-se a primeira competição de motovelocidade do Brasil a proporcionar o uso de pneus slick. Os inscritos na GP 1000 terão suas motocicletas calçadas com os pneus da linha Power Slick da Michelin, lançada em março na Europa. Os pneus Power Slick são anunciados pela fabricante como os que têm maior performance no asfalto, oferecendo aos pilotos maior facilidade e maior segurança na condução.

“São pneus específicos para corrida, os ‘full race’, que têm medida um pouco maior, no padrão do Mundial de MotoGP. A performance dos pilotos vai aumentar bastante com esses pneus”, avaliza o heptacampeão brasileiro de motovelocidade Gilson Scudeler, diretor do Moto 1000 GP. “O Power Slick tem mais durabilidade e permite uma área de contato maior do pneu com o asfalto, isso aumenta a segurança do piloto”, ele explica.

Scudeler, que na fase europeia de sua carreira conquistou vitórias e títulos usando pneus slick, emprega a própria experiência na identificação das vantagens da nova linha Michelin. “Com esse pneu o piloto trabalha um ângulo de inclinação maior e acelera mesmo dentro da curva, de uma forma bem mais segura por causa do desenho do pneu”, explica. “Podendo acelerar com mais segurança e antes, é claro que a performance do piloto será melhor”.

A inclinação máxima permitida pelos pneus traseiros, aliada à maior aderência permitida pelo pneu dianteiro em frenagens, aponta para tempos de volta mais baixos em todas as pistas que vão receber as etapas do Moto 1000 GP. “O novo pneu dianteiro permite que o piloto freie mais dentro da curva, na entrada da curva, e dá mais agilidade à moto na transição de uma curva para a outra. Isso aumenta o ganho de tempo”, indica Scudeler.

A parceria com a Michelin para adoção dos Power Slick como pneus oficiais da GP 1000 abonam a linha de trabalho do Moto 1000 GP. “A novidade contribui para o objetivo de chegarmos a um padrão técnico e desportivo cada vez mais compatível com o dos principais campeonatos do mundo. Com esse produto, os pilotos de motos superesportivas de 1.000cc, que desenvolvem 200 cavalos, têm respostas rápidas e ganham mais confiança”, finaliza.

CALENDÁRIO
A temporada do Moto 1000 GP terá oito etapas: 17 de junho – Interlagos (SP), rodada dupla; 22 de julho – Brasília (DF); 19 de agosto – Curitiba (PR); 23 de setembro – Santa Cruz do Sul (RS); 21 de outubro – Cascavel (PR); 2 de dezembro – Jacarepaguá (RJ), rodada dupla.

A competição tem patrocínio de Petrobras e Lubrax, além de BMW Motorrad e Michelin, e apoio de Beta, Shoei, Servitec, Tutto Moto, Bell e W2 Boots.

***

Grelak

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Harley-Davidson lança campanha global Discover More com foco na experiência do lifestyle da marca

Como parte da ação, a H-DB lança uma websérie com produção 100% nacional que incentiva ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *