BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Moto 1000 GP: recorde de inscrições leva à criação da categoria GP 600

Moto 1000 GP: recorde de inscrições leva à criação da categoria GP 600

Pilotos inscritos com motos da categoria de 600 cilindradas terão grid e campeonato próprios na temporada de 2012

O Moto 1000 GP anunciou na manhã desta terça-feira (12) a criação de uma terceira categoria para o campeonato de 2012, que terá início no domingo (17) com a realização do Grande Prêmio Petrobras, no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos. Além das categorias GP 1000 e GP Light, já anunciadas, a competição colocará em disputa o título da categoria GP 600, confrontando os pilotos inscritos com motos de 600 cilindradas.

Segundo Gilson Scudeler, diretor do Moto 1000 GP, a consolidação da GP 600 antecipa uma das metas do evento. “Já tínhamos no projeto do evento uma atenção especial às 600 cilindradas, isso ocorreria no futuro. Mas houve uma procura muito grande por parte dos pilotos. Recebemos um número muito além do esperado de inscrições para a GP Light, vários dos inscritos têm motos de 600 cilindradas. Vimos que a hora é agora”, resume Scudeler.

A proposta de formação de pilotos, segundo Scudeler, ganha um reforço substancial com a categoria GP 600. “Um dos aspectos mais positivos é que a categoria vai dar uma ótima oportunidade de evolução aos pilotos que buscam a motovelocidade de alta cilindrada. Isso valoriza a segurança, as 600cc terão seu próprio grid, todos os pilotos terão a mesma condição técnica em todas as disputas. Além disso, um grid próprio confere status à categoria”, considera.

O anúncio da implantação da GP 600 na temporada de 2012 do Moto 1000 GP foi feito por Scudeler na manhã desta terça-feira. Assim, inscrições para esta categoria serão recebidas até a tarde de quinta-feira (14), véspera do início dos treinos em Interlagos, mesmo prazo oferecido aos pilotos da GP 1000. Na GP Light, com 48 pilotos já confirmados, as inscrições para o Grande Prêmio Petrobras estão encerradas.

“Nós divulgamos um cronograma de atividades na semana passada, que considerava as categorias GP 1000 e GP Light, mas essa programação terá de passar por uma readequação para podermos contemplar todos os treinos livres e classificatórios e as corridas que teremos no fim de semana, além das ações dos patrocinadores e parceiros”, alerta Scudeler. “Já estamos providenciando o novo cronograma e vamos divulgá-lo o quanto antes”.

Campeão da categoria GP Light em 2011, Eduardo Costa Neto aplaudiu a novidade anunciada nesta terça-feira. O paulista da Mobil Rush Racing Team participou de oito das 12 etapas do ano passado pilotando uma Kawasaki de 600cc – nas duas últimas rodadas duplas esteve na pista com a mesma Honda CBR 1000RR que pilotará no campeonato de 2012, agora inscrito na categoria GP 1000. “Eu acredito muito nas 600 cilindradas”, avaliza.

Costa Neto concorda com os propósitos apontados por Scudeler. “Como oportunidade para formação de pilotos é uma iniciativa excelente, a categoria de 600cc valoriza muito mais o piloto e isso proporciona aprendizado. Em uma 1.000cc, o motor mais forte exige muito mais do conjunto todo, você precisa ter um superequipamento, principalmente no que diz respeito à suspensão. Repito, foi uma decisão corretíssima a criação da GP 600”, diz o piloto.

Credenciado pela atuação com motos de 600cc e 1.000cc, Costa Neto compara os estilos. “Pilotar uma 600cc exige um traçado bem mais limpo, você não pode derrapar. O piloto desenha a curva, passa mais tempo inclinado e pode acelerar antes. É muito mais capricho. Na 1.000cc, a pilotagem é mais agressiva, você tem de frear lá dentro da curva, contornar a curva e colocar a moto em pé o mais rápido possível para dar motor”.

CALENDÁRIO
A temporada do Moto 1000 GP terá oito etapas: 17 de junho – Interlagos (SP), com rodada dupla; 22 de julho – Brasília (DF); 19 de agosto – Curitiba (PR); 23 de setembro – Santa Cruz do Sul (RS); 21 de outubro – Cascavel (PR); 2 de dezembro – Jacarepaguá (RJ), com rodada dupla. A temporada de 2012 da competição tem patrocínio de Petrobras e Lubrax, além de BMW Motorrad e Michelin, e apoio de Beta, Shoei, Servitec, Tutto Moto e Bell.

***

Grelak

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Kawasaki lança Vulcan S com novas versões para 2018

A Vulcan S chega ao mercado brasileiro em novas versões 2018 com novidades que tornam ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *