BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Nova sport-touring Kawasaki Ninja 1000 Tourer ABS 2015

Nova sport-touring Kawasaki Ninja 1000 Tourer ABS 2015

Uma estilosa e confortável sport-touring para elevar a outro patamar os pilotos atuais

Pilotos que buscam no mundo real, o desempenho de uma legítima sport-touring precisam olhar mais de perto a renovada Ninja 1000 Tourer. Com perfil inconfundivelmente agressivo, derivado da linhagem com design característico da família Ninja, esta motocicleta faz a combinação perfeita entre potência, resposta e precisão na pilotagem, aparência e tecnologia.

Os engenheiros da Kawasaki concentraram-se em tornar a Ninja 1000 Tourer muito mais companheira de seus proprietários. Seu avançado sistema de controle de tração KTRC (Kawasaki Traction Control), apresenta três modos diferentes, oferecendo o máximo desempenho, colaborando com o sensível aumento na confiança do piloto, independente das condições de uso. Da mesma forma, os dois modos de potência selecionáveis servem para conciliar o desempenho do motor, com as condições aferidas pelo piloto, que pode optar pela entrega bruta de potencia ou limitar a mesma, aumentando a segurança ao trafegar por pisos escorregadios, por exemplo.

No grande monobloco de montagem radial, as pinças de freio dianteiras oferecem poder de frenagem sem igual. Com a 6ª marcha alongada, as rotações do motor diminuem mantendo a velocidade da motocicleta, diminuindo o consumo de combustível e aumentando o conforto. Ideal para tocada em longas viagens sem perder o toque de esportividade. O subchassi foi redesenhado pensando na diversificação de usos, permitindo melhor acomodação do piloto e passageiro, além dos acessórios para transporte de bagagem, as bolsas laterais, sendo ainda, elegante e funcional.

Toda força de impulsão da Ninja 1000 Tourer vem do poderoso tetracilíndrico Kawasaki de 1043 cc, DOHC de 16 válvulas, com a admissão redesenhada para privilegiar o torque também em baixas e medias rotações. Fica a cargo da refrigeração líquida a dosagem da temperatura do motor. Tendo somente a estrada a sua frente, a grande Ninja pode esticar um pouco mais a adrenalina dos ocupantes graças à nova caixa de ar e às novas vias de ligação do cilindro, exaltando a potência em médios e altos regimes. Essa mudança melhora nitidamente o fluxo de ar e reduz as perdas de desempenho. Seja para quem faz passeios em baixa rotação ou busca a excitação das curvas em velocidade, quem pilotar a nova Ninja 1000 Tourer ficará com um sorriso estampado no rosto só de ouvir o ronco do motor.

Mas a magia deste motor está baseada na flexibilidade e facilidade de uso, mais do que simplesmente no pico de potência que pode produzir. O confiável quatro cilindros em linha Kawasaki entrega desempenho invejável, além de ostentar as mais atraentes formas entre os modelos do segmento.

Perfeitamente ajustado para o máximo desempenho da motocicleta, o sistema de injeção de combustível da Ninja 1000 Tourer utiliza quatro corpos de aceleração ovais, Keihin, com 38 milímetros cada, fazendo fluir com precisão a mistura ar/combustível em cada câmara de combustão. Comandada pela avançada ECU, auxiliada e recebendo fôlego extra das novas entradas de ar posicionadas à frente da motocicleta, seu comportamento e resposta serão como de um atleta de ponta, pronto para bater recordes e vencer os concorrentes.

O novíssimo filtro de ar proporciona aumento significativo no fluxo de ar, sobretudo em rotações mais elevadas. A melhora na equalização do motor e as respostas rápidas na aceleração farão da Ninja 1000 Tourer uma moto muito mais divertida. O avanço de tempo digital (Digital Timing Advance) contribui para o aumento de potencia nos baixos e médios regimes de rotação, enquanto as velas foram montadas de forma a dar o tempo perfeito para cada cilindro separadamente.

No sistema de controle de tração KTRC (Kawasaki Traction Control), a sublime combinação dos três modos ajustáveis que, somadas ao sistema de controle de potência, PMS (Power Mode Selection), oferecem variadas configurações a escolha do piloto, desde a entrega total de desempenho da motocicleta às limitações que garantem a segurança do condutor em situações de piso escorregadio. Além disso, o uso de diferentes combinações pode assegurar economia no consumo de combustível, prolongando a autonomia do modelo de acordo com o modo de pilotagem assumido.

Assim como na Ninja ZX-6R 636, os dois primeiros modos do KTRC são destinados à máxima aceleração, já o terceiro modo é ideal para terrenos de pouca tração (piso molhado ou de baixa aderência), similar ao utilizado na Concours 14. Exibidos diretamente no painel de instrumentos, o que facilita a escolha sem tirar a atenção da via, o modo off também pode ser assumido, no entanto, a moto ficará apenas sob as ordens e a habilidade do piloto. Também são mostradas no display LCD a indicação de modo pilotagem econômica (ECO) e as informações sobre os freios ABS.

Operando internamente, o virabrequim de eixo sólido e balanceado cadencia o sistema, que expele os gases através do escapamento estilo 4 x 2 x 2, equipado com catalisador para atender as rígidas normas ambientais internacionais, sem desperdiçar a potência produzida pelo motor, além de produzir um dos roncos mais encorpados e marcantes que se possa ouvir.

Utilizando conceitos muito semelhantes de fabricação, o avançado chassi em alumínio possui características que descendem da superbike da marca, a ZX-10R. Alternando entre áreas mais espessas, mais exigidas quanto à torção, e outras mais finas, em zonas de menor torção, resultam em leveza do conjunto, rigidez excepcional e baixíssima vibração. Com isso, o encaixe do piloto na moto é muito mais anatômico, perfeitamente natural, proporcionando conforto e esportividade. Chassi e braço da suspensão traseira são forjados inteiros, eliminando as soldas, o que resulta em uma peça esteticamente lisa, sem marcas. O novo subchassi vem preparado para receber malas laterais rígidas com capacidade para 29 litros cada.

No mais puro “estado da arte”, rodas de seis hastes em liga especial, freios e o conjunto de suspensões fazem com que se tenha a impressão da moto flutuar, tamanha graciosidade e leveza com que trafega. Na dianteira, garfo invertido (USD) com canelas de 41 mm, e na traseira, totalmente ajustável na pré-carga e retorno, a suspensão traseira, que apresenta o novo ajuste remoto, ideal para mudanças rápidas de configuração ao carregar passageiros ou bagagem extra. O monoamortecedor está posicionado quase horizontalmente, acima da balança traseira, privilegiando a centralização das massas e consequentemente, aumentando a refrigeração do sistema.

Equipada com generosos discos de freio em formato margarida com 300 milímetros cada, pressionados por pinças de montagem radial, fabricadas a partir de um único bloco de alumínio, aumenta a rigidez e sensibilidade no poder de frenagem, assim como as superbikes da marca. Até mesmo os novatos poderão desfrutar da força de parada desta moto, pois o sistema ABS de última geração assegura controle total do manete, com sensibilidade na ponta dos dedos.

Leveza, aderência e contato constante com o solo, as novas rodas de seis hastes, feitas em liga especial, mais leve, receberam pneus radiais que, junto das suspensões, copiam melhor e mais rápido as irregularidades do piso, mantendo contato e segurança totais para o condutor.

E o mais impressionante, com aspecto elegante e envolvente, as formas e linhas da carenagem foram projetadas com clara alusão aos modelos mais recentes: Ninja ZX-6R 636 e ZX-10R. Como um olhar penetrante, o conjunto ótico frontal está mais sisudo, pronto para cortar o vento, como suas musas inspiradoras. De ajuste manual fácil, o para-brisas oferece três posições de altura diferentes, permitindo o acerto ideal para cada uso e tipo físico de piloto.

Aumentando e contribuindo para a refrigeração do motor, afastando o calor das pernas dos ocupantes, a abertura na lateral da carenagem invoca a esportividade. As novas alças do garupa e seu posicionamento sobre a moto são agradáveis até mesmo para quem pretende percorrer longas distâncias. Através do novíssimo e completo painel de instrumentos, é possível acessar as principais funções e informações para uma pilotagem tranquila. Além dos indicadores dos modos de potência e de tração selecionados, o display digital mostra a velocidade atual, odômetro total e parcial, quilometragem restante, consumo médio e instantâneo de combustível. Também há os indicadores do nível de combustível, temperatura do líquido de arrefecimento, relógio e indicador de modo ECO. Característica marcante nos modelos esportivos, o grande conta-giros análogo de 13 mil RPM. O joystick com os comandos está posicionado junto ao punho esquerdo.

Única e exclusiva, a Ninja 1000 Tourer surpreende por sua desenvoltura em diferentes tipos de uso, esbanja vigor para os esportistas em busca de emoção, conduz com facilidade e conforto as mais longas viagens e ainda pode ser companheira do dia a dia. A Ninja 1000 Tourer ABS 2015 chega às concessionárias autorizadas Kawasaki na cor Candy Lime Green com preço público sugerido de R$ 56.990.

Também nos concessionários autorizados da marca espalhados pelo país, é possível encontrar uma infinidade de acessórios genuínos Kawasaki, compatíveis com todos os modelos.

Sobre a Kawasaki Motores do Brasil Ltda.: A Kawasaki Motores do Brasil Ltda (KMB) é uma subsidiária integral da Kawasaki Heavy Industries Ltd (KHI) sediada no Japão. Em operação no Brasil desde outubro de 2008, a marca atua na importação, produção e comercialização de motocicletas, quadriciclos e motos aquáticas através de uma base operacional em São Paulo e uma fábrica no Pólo Industrial de Manaus.

 ***

VGCOM / Vanessa Gianellini

Nova sport-touring Kawasaki Ninja 1000 Tourer ABS 2015

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Feriado prolongado de novidades no setor de motos e atrações

Evento na capital fluminense reunirá entretenimento, negócios, educação e turismo de 31/5 a 02/6, no ...

Um comentário

  1. Gostaria de comprar essa moto, mas no Rio Grande do Sul ainda não tem, onde poderia compra-la?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *