BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Piloto de 17 anos vai participar do Moto 1000 GP, no Rio de Janeiro

Piloto de 17 anos vai participar do Moto 1000 GP, no Rio de Janeiro

Lucho Ribodino diz que está ansioso para disputar o GP Petrobras e promete acelerar forte para fazer bonito no Brasil

O GP Petrobras, que encerra a temporada 2011 do Moto 1000 GP, terá uma série de atrações. Uma delas será o piloto argentino Luciano “Lucho” Ribodino, de apenas 17 anos, que vai correr como convidado da organização. O evento acontece dias 19 e 20 de novembro, no Autódromo Internacional Nelson Piquet. Em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.

Lucho Ribodino, que é de San Francisco, cidade que fica na província de Córdoba, frequenta o noticiário sobre a motovelocidade argentina desde os 10 anos de idade, participando de uma série de competições. Atualmente é o vice-líder do Campeonato Argentino de Motovelocidade, na categoria 600cc Super Sport.

Ribodino, que pilota uma Yamaha de 600cc, com 125hp, se diz ansioso para chegar ao Brasil e poder assumir o comando de uma BMW S1000RR, com quase 200hp. “Eu nunca pilotei em corridas uma moto de 1000cc. Mas dei algumas voltas em uma moto de 1000cc, graças a um amigo, e pude notar muita diferença em relação a uma moto de 600cc, quanto ao tamanho, peso e potência”.

O jovem piloto argentino, convidado por Alexandre Barros, espera conversar muito com o brasileiro, que é organizador do Moto 1000 GP, para saber mais detalhes sobre a BMWS1000RR e sobre o circuito de Jacarepaguá. Ele explica que entre suas preocupações estão o fato de não conhecer nem a moto, nem o autódromo. “Vai me custar deixar a moto no ponto em apenas um fim de semana. Mas minhas expectativas são boas. Primeiro vou tratar de somar experiência e aprendizado. E depois vou acelerar o mais que puder e fazer um bom papel”, avalia.

Lucho Ribodino começou a carreira nacional em 2004, aos 10 anos de idade, disputando provas de motovelocidade em circuito oval de terra, na categoria escola de 50cc. Fez importantes resultados na categoria até 2006 e, em 2007, passou a correr o Campeonato Argentino de Velocidade na categoria 250cc, ganhando três das nove corridas da temporada. No mesmo ano foi selecionado entre 23 pilotos para participar da Red Bull Rookies, nos Estados Unidos. Participou do mesmo evento em 2008 – quando já disputava o Campeonato Argentino na categoria 600cc – e em 2009. Em 2010 e 2011 participou do Red Bull Rookies na Europa, com seleções na Itália e na Espanha. Nesse ano, Ribodino também acumulou mais uma experiência internacional, participando da Copa Mercosul, no Uruguai, chegando em 3º.

O Moto 1000 GP tem patrocínio de Petrobras, Lubrax e BMW Motorrad, além do apoio de Michelin e Beta Ferramentas; parceria com a W2 Boots e Shoei e parceria técnica de Servitec Dinamômetros, Vaz, Akrapovic, K&N e MRA. As provas da categoria têm transmissão ao vivo pela Record News em canal aberto em VHF e UHF, além de transmissão pela internet, na integra, pelo próprio site oficial do campeonato e pelo portal R7.  Também é possível acompanhar as movimentações do evento através das redes sociais como o Twitter (@moto1000gp) e Facebook (WWW.facebook.com/moto1000gp).

Texto: Claudemir Hauptmann

?

fonte: Grelak Comunicação. Foto:  arquivo Pessoal do Piloto

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Evento inédito reúne gastronomia, as melhores motos do Brasil e muito lazer

Um evento diferenciado no qual o público poderá passar um final de semana divertido e ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *