BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Piloto Renan Alves precisa de ajuda para fazer cirurgia

Piloto Renan Alves precisa de ajuda para fazer cirurgia

Há um ano, ele sofreu um grave acidente em Interlagos e agora precisa de apoio financeiro para fazer cirurgia.

O piloto Renan Alves, que sofreu um grave acidente no ano passado no autódromo de Interlagos, em São Paulo, está precisando de ajuda para fazer seu tratamento de reabilitação.

A família faz uma campanha nas redes sociais, com apoio do piloto brasileiro de renome internacional Alexandre Barros.

Renan precisa fazer uma cirurgia para tentar reverter um quadro de miosite calcificante, mas o tratamento de preparação para ela inclui um soro especial, que custa R$ 150 e deve ser tomado duas vezes por semana. O tratamento começou na última sexta feira (22) e tem um custo alto para a família.

Além das contas de casa, a família tem que arcar com a hidroginástica, que fica em torno de R$ 250 por mês. “Eu já tive que dispensar a fisioterapia, pois já não estava dando para pagar e eu e ele ganhamos apenas um salário mínimo, o que dificulta muito nossa vida”, conta a mãe do piloto, Eunice do Carmo.

Renan, de 32 anos, ainda não tem condições de se locomover sozinho e ainda espera a chegada de uma cadeira que a mãe comprou por R$ 3,7 mil. Ele fala, às vezes com dificuldade, tem boa memória passada, mas pouca do presente.

No início do tratamento, Eunice até pensou em ir para São Paulo para garantir a recuperação do filho, mas o dinheiro foi mais uma vez o problema. “Não tinha como ir para lá, tentei na Unimed, mas não autorizaram e me indicaram um médico particular que cobra R$ 15 para atender em minha casa já que meu filho não consegue andar”, diz a mãe, desesperada.

Questionada sobre a participação dos patrocinadores e da equipe pela qual Renan corria, a mãe diz que não há ajuda da parte deles – apenas uma vez, quando ela ligou e pediu ajuda, mandaram um valor em dinheiro. “Mas nem ligam para saber como ele está”, diz Eunice, contando que a mulher e a filha de Renan moram com a família da moça porque ela não teria condições de manter a todos na casa.

O PROBLEMA – Renan sofreu um acidente nos treinos para a etapa de abertura da Moto 100 GpP, em São Paulo, em julho do ano passado, no S do Senna, provavelmente por uma falha nos freios. Ele bateu contra os pneus, teve parada cardiorrespiratória, foi reanimado na pista, mas ficou inconsciente por muito tempo. Além disso, ele quebrou o fêmur direito e teve um edema devido ao trauma craniano. Ele ficou em coma induzido por três semanas e passou 35 dias em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

A mãe de Renan conta que agora um dos músculos da perna dele virou osso. O problema, chamado miosite calcificante, é raro e de difícil cura. O tratamento do soro é de três meses para só depois realizar as cirurgias necessárias, que serão feitas no quadril, bacia e joelho. “Precisamos de ajuda para obter verba. Eu estou lutando muito e pedimos a ajuda e a colaboração de todos para o meu filho voltar a andar”, finaliza Eunice.

Quem quiser ajudar o piloto a continuar o tratamento pode fazer depósito em dinheiro no Banco do Brasil, agência 6512-9, conta corrente 27291-4, no nome de Eunice do Carmo Zacharias. Outra forma de fazer contato com a família é pelo telefone (16) 3214-3094.

***

Daniella Velasco

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Evento inédito reúne gastronomia, as melhores motos do Brasil e muito lazer

Um evento diferenciado no qual o público poderá passar um final de semana divertido e ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *