BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Pitico será o mecânico da equipe brasileira no Supermoto das Nações

Pitico será o mecânico da equipe brasileira no Supermoto das Nações

O Team Brasil acaba de definir o trio de pilotos que irá disputar o Supermoto das Nações 2011. O brasiliense Rafael Fonseca e o paulista Juliano Meira permanecem na equipe, que terá a estreia do goiano Kleber Justino. O Supermoto das Nações, considerado a Copa do Mundo da modalidade, será realizado no dia 2 de outubro em Alcañiz, Espanha.

Durante a estada na Europa, o Team Brasil irá utilizar a estrutura de ponta da Lawanteam TDS, sediada na Itália, um “braço” da equipe nacional que já presta suporte ao piloto Rafael Fonseca nas etapas do Campeonato Mundial de Supermoto. A delegação brasileira terá ainda o preparador José Carlos Moraes, o Pitico, como diretor técnico, além de Carlos Senise, que irá representar a Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM).

O talento do Pitico – nascido José Carlos Moraes e que carrega esse apelido desde a infância – como preparador de motores para competição é inegáv el. Sua carreira comprova isso. Ele começou há quinze anos atrás preparando motores para o Rally dos Sertões. Participou de oito etapas, quatro pela KTM e quatro por equipes particulares, e fez curso de especialização na fábrica da KTM, na Áustria.

Em 2006 encarou o desafio de preparar as motos dos pilotos Leandro Panadés e Alexandre Barros em corridas de motovelocidade e conquistou resultados importantes junto com eles. Depois, foi durante três anos o preparador oficial do piloto Pierre Chofard, heptacampeão brasileiro de motovelocidade.

Atualmente, o Pitico resolveu investir mais ainda na motovelocidade e montou uma equipe de campeões, a Pitico Race. Dela fazem parte Alan Douglas #78, líder da categoria Pro do Moto 1000 GP, Sarin Carlesso, terceiro colocado na mesma competição, Marcos Brunheroto (instrutor dos cursos supervisionados por Alexandre Barros), disputando a categoria 600 Hornet no Racing Festival, Renato Andreghetto, revelação absoluta do Moto 1000 GP na categoria Light (foi terceiro e segundo na terceira etapa), e Nick Iatauro, piloto que vem evoluindo a cada prova e marcou dois bons resultados – quarto e terceiro – também na terceira etapa do Moto 1000 GP, categoria Light.

?

fonte: Jotta Santana

Jornalista / Fotógrafo – Mtb 17.708

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Líder de mercado, Honda PCX 2018 chega em novas cores

Sinônimo de praticidade, economia e design arrojado, modelo é o convite perfeito para um cotidiano ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *