BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Com a palavra / Queimadura por abrasão !

Queimadura por abrasão !

Um dos ferimentos mais graves e muito pior que uma fratura, são os ferimentos abrasivos.

Você já se imaginou sentado em cima de um rebolo grande, daqueles de afiar faca? Pois é!

É o que acontece quando você não se protege e anda de bermuda e camiseta, enfim, à vontade em sua motocicleta.

A pele é fina e apesar de ser um órgão tão grande, o maior do corpo, é também de estrema delicadeza. Presa a um tecido estruturado de gordura e fibras, a pele tem diversas funções vitais para o corpo humano.

A principal delas é a troca de calor que o corpo faz com o meio ambiente e nesta troca ocorre à perda de água e sais minerais. O filtro de proteção não permite que certas substâncias, bem como certos espectros de luz, invadam ou saiam de nosso corpo.

Quando somos “esfregados” ao solo sem proteção, a alta temperatura que é gerada entre o atrito da pele e o asfalto é muito grande; a pele é queimada e destruída devido à abrasão.

Este é o ferimento abrasivo, uma queimadura terrível que pode chegar até o terceiro grau dependendo de que forma você é arrastado e por quanto tempo.

Muitas destas lesões são acompanhadas de fratura e arrancamento de músculos, nervos e vasos.

A proteção é sempre necessária. Hoje existem produtos de alta tecnologia e grande resistência, como a cordura, o couro, e outros que impedem que você seja “esfregado” no asfalto.

Na proteção geral do seu corpo o importante é proteger as mãos deste tipo de lesão, também chamado de ferimento desenluvante, que consiste no arrancamento de todo o tecido mole dos dedos deixando apenas os ossos expostos.

Bota com cano longo se possível, evitando queimaduras nos pés e pernas, uma boa calça resistente, e ainda um bom jaleco de couro ou cordura por exemplo, são extremamente recomendáveis.

Quem já leu meu blog já viu uma dica de jaqueta para motociclista. Você sabe para que serve as duas lingüetas laterais de sua jaqueta ?

Vamos lá : você depois de fechar o zíper coloca a jaqueta no nível da cintura e aperta até a jaqueta se fixar na cintura, assim se você cair ela não sobe e evita que suas costas fiquem raladas.

Olhem na foto se você não prender esta lingüeta da jaqueta (na altura da cintura) não estará protegido.

Uma grande dica!

Não leve a Princesa passear de bermuda e chinelinho … esta voltinha poderá custar uma tristeza estética para ela pelo resto da vida.

Autor : Claudio José Musumeci
Médico ortopedista e motociclista
Adora viajar de moto e curtir os momentos bons que a vida proporciona.
Sempre acompanhado de sua esposa Maria Teresa.
Autor do blog
Motomed Motociclismo Seguro

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

140421_mobilidade

52% dos brasileiros consideram o transporte público ruim ou péssimo

De acordo com o estudo realizado pela Expertise, 56% das pessoas gastam mais de uma ...

4 comentários

  1. Eu caí ontem e queimei o braço, tá ardendo muito pois não estava de jaqueta :-(

  2. Cai de moto, quero saber quanto tempo as queimaduras do asfalto vao demorar para sair??? ja faz 7 meses que ocorreu o acidente.

  3. * Equipe MOTONAUTA

    Obrigado meu caro !

    Um forte abraço …

  4. André Ramos

    Caro Dr. Claudio e Joãozinho, muito bom o artigo, parabéns. Tem gente que vai ficar mole com o assunto e principalmente, com a foto, mas é importante tocar na ferida, com o perdão do trocadilho em tema tão dolorido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>