BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Com a palavra / Reinaldo Brosler dá sua visão sobre o Dia do Motociclista

Reinaldo Brosler dá sua visão sobre o Dia do Motociclista

Motociclista, biker, motonero, 騎摩托車的人, Motorradfahrer, motociklist, motorcyklist, موتورسوار, motocyklista, moottoripyöräilijä, motorkerékpáros, motorrijdster, רוֹכֵב אוֹפָנוֹע, pengendara sepeda motor, motorcyclist, ökumaður mótorhjóls, mootorrattur,オートバイ乗り, motard, motocycliste, 오토바이 운전자, motoros, motorrijder, سائق الموتوسيكل, سائِق درّاجَه, motociklists, motociklininkas, motorsyklist, motociclist, мотоциклист, motociklista, motorciklista, motorcykelförare, motorcykeltävlingsförare, ผู้ขับขี่มอเตอร์ไซด์, motosiklet sürücüsü, người lái xe mô tô e até o discriminado e polêmico motoqueiro.

Inúmeras formas do mesmo termo, utilizadas pra traduzir o nome da criatura que habita em duas rodas este corpo celeste, quase redondo e coberto de asfalto, pedra, terra, lama, vegetação e água.

Numerosas traduções, que ainda assim não conseguem exprimir na sua essência o significado socio-etnológico de ser um verdadeiro motociclista.

Naquele que sua cultura e estilo faz a gente ter um jeito diferente de viver a vida, e que se sobrepõe a qualquer outra cultura e não nos diferencia na maneira de ser em função de época, lugar, região, costume, credo, etnia e origem racial e social.

Que nos fez ao longo de mais de 100 anos das gerações motociclistas, viver com praticamente as mesmas atitudes e comportamentos, que remontam aos primórdios da existência desta máquina com duas rodas, a nossa idolatrada motocicleta. Que mesmo com toda sua evolução e tecnologia embarcada, vestimos as mesmas roupas de couro e temos um mesmo sentido secular de vida em grupo.

Nos tornamos uma geração atemporal ou ad eternum (Lat: para todo sempre), eternizada por uma forma de sustentação de elementos básicos.

Eternizada pelo vento no rosto, pelo roncar de um motor, pelo asfalto passando logo abaixo, às vezes ao lado, pelo horizonte longíquo, pelo olhar de iguais num comboio, pela sempre exuberante paisagem e por acreditar piamente que até o nosso último dia, no dia seguinte estaremos na estrada.

Não há tipos de textos entre narrações, descrições, dissertações, exposições, informações ou injunções, e formas literárias em versos, prosas e poesias, nos gêneros épicos, dramáticos ou líricos, que possam representar o real sentido de ser um motociclista.

Muitos haverão de exprimir os teus sentimentos por estes tipos, formas e gêneros de escrita, como vos sentencio agora nesta leitura, mas o âmago de ser motociclista está além da nossa capacidade de exprimí-lo na plenitude. A nossa melhor expressão neste momento, no Dia do Motociclista, é seguir a nossa natureza e inspiração, como um peregrino, rumo à nossa jornada de vida em duas rodas, pelo universo de estradas e caminhos clamando por serem percorridos. Como motociclistas, pra todo o sempre.

E boa viagem.

Reinaldo Brosler
VP Águias do Vale MC
Administrador do site Riders Of Freedom

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

52% dos brasileiros consideram o transporte público ruim ou péssimo

De acordo com o estudo realizado pela Expertise, 56% das pessoas gastam mais de uma ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *