BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Com a palavra / Sistema de arrefecimento.

Sistema de arrefecimento.

O motor de uma motocicleta é um gerador de calor podendo, no caso de uma motocicleta de 125cc atingir temperaturas superiores a 100º C com extrema facilidade. A temperatura do motor não pode prejudicar o seu funcionamento e as propriedades do óleo lubrificante.

Para proteger o motor, os fabricantes adotam diferentes soluções de arrefecimento, basicamente as motos populares são resfriadas através do próprio ar penetrando nas aletas localizadas no cilindro, mas para este método ser eficiente a motocicleta deve estar em movimento, ha ainda métodos que independem do movimento da motocicleta tal como arrefecimento líquido e a óleo encontrado em motocicletas de maior custo.

Além do próprio sistema de arrefecimento o motor conta ainda com o óleo, mistura rica (mais gasolina do que ar) e o cruzamento das válvulas para lhe auxiliar no resfriamento.

Óleo: O óleo circula por todas as partes do motor o que possibilita transportar o calor de uma região de alta temperatura (cabeçote) para regiões de baixa temperatura (sistema de embreagem) num eterno ciclo que é interrompido somente quando desliga-se o motor. Por este motivo a viscosidade do óleo a ser utilizado deve ser aquela recomendada pelo fabricante (observar manual do proprietário), lembrando que o óleo é multi-viscoso ou seja, suas propriedades funcionam em baixa e alta temperatura . O nível do óleo também deve ser observado em cada partida caso contrário o motor poderá travar por falta de lubrificação

Mistura rica: A mistura rica também contribui com o arrefecimento do motor devido à temperatura do vapor de gasolina ser muito mais baixa do que o ar. Lembrando que “mistura rica” é um termo que se utiliza quando se envia mais combustível do que a proporção ideal A/F (air/fuel – ar/combustível). Tanto o excesso de combustível como o excesso de ar são prejudiciais ao motor sendo que este ajuste deve ser feito pelo fabricante.

Cruzamento das válvulas: No momento que ocorre o cruzamento de válvulas, ou seja, ambas as válvulas (admissão e escape) estão propositalmente abertas simultaneamente, o vapor de combustível que está entrando no motor resfria uma parte dos gases que estão saindo.

Glossário
Arrefecimento: é o controle do resfriamento
Cilindro: O cilindro do motor é a parte onde o pistão se desloca para cima e para baixo.

Sistema de arrefecimento – ar

O sistema de arrefecimento a ar é muito útil em diversos tipos de motores e possui baixo custo de fabricação quando comparado com o sistema de arrefecimento líquido porém, é necessário movimento para se resfriar. O calor é dissipado através de aletas que tem a função de dissipar rapidamente o calor gerado pelo motor. Essas aletas certamente ficam localizadas no cilindro também podendo estar em outros lugares. O material que é confeccionado o motor também é muito importante para a condutividade do calor, por este motivo é utilizado uma liga de alumínio na maioria dos cilindros e cabeçotes.

Sistema de arrefecimento – líquido

O sistema mais eficiente de arrefecimento é o líquido, comumente encontrado em motos de alta performance. O calor é dissipado através de dutos contidos no motor (cilindro e cabeçote) por onde circula a água refrigerante. Este sistema possibilita o desenvolvimento de motores mais potentes pois certamente manterá adequada a sua temperatura ao contrário o sistema de refrigeração a ar que esta limitado as condições atmosféricas. Lembre-se que quando mais potente é um motor mais calor ele deve gerar. Outra vantagem deste sistema é que ele acaba diminuindo o ruído do motor, tornando-o mais silencioso. Em contra-partida aumenta a massa (“peso”) da motocicleta e requer componentes mais complexos e manutenção especializada.

O objetivo de um sistema de arrefecimento líquido é manter a temperatura ideal do motor, ou seja, nem resfriar demais e nem aquecer excessivamente. Na realidade este é o objetivo de todos os sistemas porém não é possível tal controle num sistema resfriado a ar.

Bomba de água

Um bomba d’água é a responsável por fazer circular o líquido de arrefecimento. No momento em que o líquido circula dentro do motor ele absorve o calor que será transportado até o radiador mas, antes que o líquido chegue ao radiador, ele passa por um termostato e então, chega ao radiador. A elevada temperatura do líquido permite que a possibilidade de também circular pelos coletores de ar/combustível para elevar a temperatura da mistura e ocorrer um melhor aproveitamento do vapor do combustível.

Radiador

O radiador é estrategicamente posicionado na frente dos veículos devido o aproveitamento do ar para resfriar o líquido através de suas aletas de refrigeração. Quanto maior a superfície das aletas de refrigeração, maior será a capacidade de arrefecimento do radiador.

Ventilador de refrigeração (Ventoinha)


No caso da motocicleta parada porém com o motor em funcionamento, haverá uma natural elevação de temperatura e não haverá “ar” para resfriar. Neste momento o interruptor térmico  será acionado quando o líquido atingir um alta temperatura e a ventoinha do radiador é ativada e servirá de “exaustor” retirando o calor do líquido que passa no radiador.

Interruptor térmico (cebolinha)

Para o correto funcionamento do ventilador de refrigeração (ventoinha) dependerá da temperatura do líquido de arrefecimento. É através de um interruptor térmico que é detectada a temperatura do líquido e ligada e desligada a ventoinha.

Válvula termostática

Dispositivo que auxilia na manutenção da temperatura dentro dos padrões, quando interrompe ou libera a circulação do liquido de arrefecimento.

Tampa do radiador

Quando a temperatura do líquido aumenta, sua pressão também aumenta. É função da tampa do radiador regular está pressão (mesma função da válvula de alívio da panela de pressão). Assim quando a pressão ultrapassa um determinado limite a válvula de pressão abre e permite a liberação do vapor do líquido arrefecimento para um tanque de expansão. Quando a temperatura retorna ao normal é devolvido ao sistema o líquido de arrefeciemnto (não é mais vapor).

Tanque de expansão

O tanque de expansão armazena provisoriamente o líquido de arrefecimento e auxilia a controlar o nível do líquido de arrefecimento no sistema de refrigeração.

Líquido de arrefecimento

Geralmente os fabricantes recomendam que o líquido de arrefecimento seja feito com água destilada e etileno glicol na mesma proporção. A função do etileno glicol é a de elevar o ponto de ebulição e diminuir o ponto de congelamento do líquido e também possui propriedades anti-corrosivas. Geralmente se compra o líquido pronto não necessitando realizar a misturar.

até o próximo …

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

52% dos brasileiros consideram o transporte público ruim ou péssimo

De acordo com o estudo realizado pela Expertise, 56% das pessoas gastam mais de uma ...