BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Com a palavra / SpeedMaster Corporativa passa a atender também motoristas

SpeedMaster Corporativa passa a atender também motoristas

Você sabe o que é ISO 18001? Trata-se de um sistema de gestão voltado para a saúde e segurança no de trabalho. Entre os acidentes de trabalho que preocupam os profissionais de segurança um deles não acontece dentro das empresas, mas nas ruas: são os acidentes de trânsito.

Pela nossa legislação trabalhista, o empregado que se acidentar no percurso casa-trabalho ou trabalho-casa, pode entrar no programa de assistência como se fosse um acidente de trabalho. Além do choque psicológico que atinge os colegas por tabela, esses afastamentos geram custo e comprometem a busca pela certificação ISO 18001. Nas grandes fábricas e metalúrgicas, a probabilidade de um acidente de trabalho é maior do que em um escritório de prestação de serviço, por exemplo. Mas se os prestadores de serviço ficam longe de enormes prensas hidráulicas, fornos e empilhadeiras, podem se acidentar no trânsito, seja a pé, de carro, transporte coletivo ou… de moto!

Com esta preocupação – e em busca da homologação ISO 18001 – as empresas já investem na prevenção de acidente de trânsito por meio de palestras e cursos de aperfeiçoamento. Segundo o jornalista Geraldo Tite Simões, especialista em segurança veicular há mais de 30 anos, “é curioso notar que profissionais de vários setores fazem cursos de aperfeiçoamento em suas áreas, mas nunca mais voltam a estudar direção. Tudo que sabem foi aprendido nas auto e moto-escolas”.

Graças à experiência, sobretudo com pilotagem de moto, Geraldo Simões, criador do curso SpeedMaster de Pilotagem, acaba de ministrar um ciclo de palestras na Belgo Bekaert, multinacional do setor metalúrgico, fabricante de arames e cabos de aço. Foram quatro palestras voltadas para os motociclistas. Além de dicas de pilotagem preventiva, Tite Simões enfatizou a importância dos equipamentos de segurança e manutenção da moto: “o ideal seria a empresa investir na segurança individual e subsidiar a aquisição de novos e bons equipamentos como capacete, casaco, luvas e botas”, explica Tite.

Ainda segundo o jornalista, “muitos motociclistas economizam na compra do equipamento porque não sabem da importância que eles representam, cabe à empresa, por meio dos agentes de segurança, ajudar na aquisição e cobrar o uso correto”.

Desde que passou a atender também o mercado corporativo, aSpeedMaster já apresentou palestras em empresas como AmBev, Femsa, NSK Rolamentos e Belgo Bekaert, passando de 1.000 motociclistas atendidos. A partir da experiência com motociclistas, Geraldo Simões decidiu ampliar a área de atuação e passa a oferecer o curso de pilotagem preventiva também para motoristas. “Atualmente aumentou muito a demanda por cursos voltados aos motoristas, justamente pela baixa qualidade dos cursos de formação convencionais”, explica.

Agora a SpeedMaster Corporativa passa a atender as necessidades das empresas em todas as áreas da segurança veicular.

SpeedMaster tem apoio de Honda, Pirelli e SBK Sports.

Para mais informações: info@speedmaster.com.br

Sobre Geraldo TITE Simões

Além disso, verifique

140421_mobilidade

52% dos brasileiros consideram o transporte público ruim ou péssimo

De acordo com o estudo realizado pela Expertise, 56% das pessoas gastam mais de uma ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>