BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Noticia / Trilhas catarinenses são mais difíceis na opinião dos gaúchos

Trilhas catarinenses são mais difíceis na opinião dos gaúchos

Etapas do Transcatarina exigem mais técnica e experiência segundo uma dupla do Rio Grande do Sul

Fazer parte de um rali de regularidade é praticamente obrigação de todo jipeiro da região sul do país. Os gaúchos representam esse nicho, principalmente nas edições do Transcatarina. A cada ano, mais duplas do estado vizinho vão correr em um dos maiores ralis de regularidade do Brasil. A chuva, o barro, o frio intenso, as trilhas técnicas e o alto nível competitivo são os fatores que mais atraem os jipeiros do Rio Grande do Sul.

Fábio Amorim Torcato e Alexandre Rech já experimentaram dos ralis catarinenses. A dupla, que representa as cidades de Porto Alegre e Caxias do Sul, esteve presente no Transcatarina de 2010 e participou de algumas provas no estado no ano passado. Eles chegaram ao rali vizinho a convite do falecido Gilberto René Ruppenthal, um dos grandes incentivadores do evento antes de sua edição de estreia. Na primeira acelerada, piloto e navegador tiveram alguns percalços, se prepararam e agora querem voltar com tudo: “Em 2010, só competimos três etapas do Transcatarina, pois nosso carro quebrou. Daí decidimos nos preparar melhor. Ano passado fomos vice-campeões do Campeonato Gaúcho de Rali de Regularidade e adquirimos mais experiência. Voltaremos agora para o 4º Transcatarina na categoria Graduados bem mais preparados”, conta Fábio.

Os momentos vividos na segunda edição do rali marcaram a vida off-roader dos gaúchos, que prometem voltar neste ano para incomodar seus concorrentes: “A prova de 2010 foi muito boa e bem organizada. As trilhas eram interessantes, com muito barro e uma trilha bem legal, principalmente nos reflorestamentos. Neste ano vamos apostar mais em ralis de longa duração e correr com gente de ponta. Treinamos muito até aqui e as expectativas são boas. Nossos concorrentes estão em um nível técnico bom, mas vamos tentar. Chegar bem é o objetivo, mas também buscaremos a vitória!”, afirma o piloto.

Para andar no Transcatarina, o navegador Alexandre tem a receita ideal: “As trilhas são bem exigentes e para se dar bem no rali é preciso ter um bom piloto, um bom navegador e o carro cem por cento. Estou no off-road há dez anos e percebi que o Transcatarina tem nível técnico bastante elevado. É preciso estar sempre concentrado senão os resultados vão embora. As trilhas catarinenses são diferentes das gaúchas e os terrenos mudam muito. Em nosso estado não temos a mesma estrutura de provas e organização do Transcatarina, mas procuramos nos aperfeiçoar para incomodar um pouco os concorrentes neste ano”.

Juntamente com Fábio e Alexandre, mais três duplas vindas do Rio Grande do Sul farão parte do grid do 4º Transcatarina. Além disso, o evento contará com equipes de mais sete estados brasileiros.A prova deste ano será entre os dias 18 a 21 de julho. Mais informações e inscrições pelo site www.transcatarina.com.br.

Apiúna com novidades para 2012

Mais uma cidade do Vale do Itajaí vai fazer parte do circuito do Transcatarina 2012. Nas edições de 2010 e 2011, Apiúna fez parte do evento sendo a parada do almoço do último dia de rali. A cidade sempre marcou os competidores pela sua simplicidade e povo hospitaleiro. A festa, mesmo que durando pouco tempo no período da prova, virou tradição para a população local: “Sempre em todos os anos o evento supera as expectativas, principalmente em relação à organização. Em 2011 tivemos uma grande festa e bom público presente no QG do rali, resultado da divulgação que foi maior. A passagem do Transcatarina por Apiúna movimenta bastante o nosso comércio e até pessoas de municípios vizinhos vem até aqui para ver os carros”, comemora Alamir Bazzani, secretário de Turismo de Apiúna.

A parceria foi firmada novamente e a cidade já está se preparando para a festa: “Vamos agregar neste ano um evento da cidade ao Transcatarina. Será o terceiro ano do evento na cidade e temos a intenção de colocar pelo menos uma banda na chegada dos competidores. Outras ações serão melhorar o atendimento em toda a região, principalmente no comércio, e oferecer toda a estrutura possível para o rali. Queremos que 2012 seja ainda melhor que os anos anteriores”, afirma o secretário.

Veja como será o percurso do 4º Transcatarina:

Dias 17 e 18 de julho (terça e quarta) – Confirmação de inscrição em Fraiburgo
Dia 18, quarta-feira – Largada promocional em Fraiburgo às 13h e Prólogo às 15h
Dia 19, quinta-feira – Etapa 1 manhã Fraiburgo a São Cristóvão do Sul
Dia 19, quinta-feira – Etapa 2 tarde São Cristóvão do Sul a Lages
Dia 20, sexta-feira – Etapa 3 manhã Lages a Otacílio Costa
Dia 20, sexta-feira – Etapa 4 tarde Otacílio Costa a Rio do Sul
Dia 21, sábado – Etapa 5 manhã Rio do Sul a Apiúna
Dia 21, sábado – Etapa 6 tarde Apiúna a Balneário Camboriú
Dia 21, sábado – Premiação e festa de encerramento Hotel Recanto das Águas

O Transcatarina tem o patrocínio: Ensimec, Hotel Renar, Hankook Pneus, Troller e Santur.

ApoioPrefeitura de Balneário Camboriú, Prefeitura de Lages, Prefeitura de Rio do Sul, Prefeitura de Fraiburgo, Prefeitura de Apiúna, Prefeitura de São Cristovão do Sul, Lave Bem Lavanderia, Recanto das Águas Resort e Spa, Grafimax, Revista Planeta Off Road, Licia, Blukit, Posto Brasília/Ipiranga, Ativa Comunicação, ATF Embreagens, Astra Embreagens, Trilha SC Troller, Reunidas, Altermed, Megaforth, Governo do Estado de Santa Catarina, Funturismo e Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte.

Supervisão: Fauesc. Realização:  SC Racing em parceria com o Jeep Clube de Blumenau.
Visite www.transcatarina.com.br

Siga no Twitter: www.twitter.com/transcatarina

Facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=100001818081240

?

fonte: AcelerAção Assessoria de Imprensa / Caroline de Paula. Foto: Paulo Valente

Sobre * Equipe MOTONAUTA

Além disso, verifique

Pelo quarto ano consecutivo, Triumph é eleita a marca com o cliente mais satisfeito

A Triumph Motorcycles foi eleita pelos internautas e leitores da revista Motociclismo a marca de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *